Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Executiva da Huawei deixa a prisão após pagar fiança no Canadá; ex-diplomata canadense é preso na China

Justiça aceitou pedido da chinesa, que foi detida a pedido dos Estados Unidos e corria risco de extradição. Fiança estipulada fixada em US$ 7,5 milhões.
Por G1

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi solta nesta quarta-feira (12) depois de passar 11 dias presa no Canadá.

A executiva teve aceito o pedido de liberdade condicional, por um juiz canadense. O valor da fiança foi fixado em 10 milhões de dólares canadenses (US$ 7,5 milhões).

Meng saiu da prisão poucas horas depois da ordem do juiz, informou o canal Global News.

"O risco de que não se apresente perante o tribunal (para uma audiência de extradição) pode ser reduzido a um nível aceitável, impondo as condições de fiança propostas por seu assessor", disse o juiz, aplaudido na sala do tribunal pelos partidários da empresa chinesa, informa a France Presse.

As condições de libertação incluem a entrega de seus dois passaportes, que permaneça em uma de suas residências de Vancouver e use tornozeleira eletrônica. Além dis…

Iraque recebe novo lote de jatos KAI T-50 da Coreia do Sul

O Iraque recebeu uma nova leva de aviões de combate sul-coreanos, informou o Ministério da Defesa no dia 3 de maio.


Poder Aéreo

Bagdá (Iraque) – Uma declaração do Security Media Center disse que “um novo lote de T-50, formado por seis caças, chegou ao Iraque”.


KAI T-50IQ
Jatos KAI T-50IQ, do primeiro lote

Um contrato previamente assinado entre a Coreia do Sul e o Iraque declarava o fornecimento de 24 caças T-50IQ.

Assinado em 2013, o contrato estipulava que a entrega dos jatos começaria em abril de 2016, no entanto, a entrega foi adiada sem esclarecimentos do ministério.

O custo unitário de um jato de treinamento T-50 chega a cerca de US$ 21 milhões. A versão de ataque TA-50 custa US$ 25 milhões e a de caça FA-50, US$ 30 milhões.

Em abril, o Ministério do Exterior disse que o embaixador iraquiano na Coreia do Sul, Haider Shayya al-Barak, visitou a sede da empresa de fabricação KAI para acompanhar a execução do contrato dos caças T-50 IQ.

Os T-50 entraram em serviço nas forças sul-coreanas em 2005. Ele vai se juntar à frota do Iraque, que inclui caças F-16 dos EUA, aviões de ataque Sukhoi Su-25 e jatos de treinamento tchecos.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas