Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Israel apreende "Navio da Liberdade" de Gaza e o leva para porto de Ashdod (VIDEO)

O exército de Israel capturou nesta terça-feira o "Navio da Liberdade", que zarpou durante a manhã da Faixa de Gaza com o objetivo de romper o bloqueio marítimo e chegar ao Chipre, e o está transferindo para o porto de Ashdod, que fica próximo do território palestino.


EFE

Jerusalém - "Um navio palestino foi capturado com pelo menos 17 palestinos a bordo", confirmou à Agência Efe uma porta-voz militar israelense, que acrescentou que a operação aconteceu sem a adoção de medidas excepcionais.


Resultado de imagem para Israel apreende Navio da Liberdade
Reprodução

"O navio será examinado e levado para a base naval de Ashdod. Depois de uma investigação, os palestinos serão enviados de volta à Faixa de Gaza", acrescentou a fonte, que afirmou que os mesmos, em princípio, não serão detidos.

O exército israelense oferecerá assistência médica às pessoas que viajavam na embarcação, caso seja necessário.

Pouco antes, quatro navios militares israelenses interceptaram e cercaram a embarcação, que zarpou esta manhã do porto da Cidade de Gaza com feridos, doentes e estudantes a bordo, que reivindicam permissão para deixar a Faixa.

Adham Abu Selmeya, da Comissão Nacional para Desafiar o Bloqueio, confirmou em comunicado que quatro embarcações armadas interceptaram o navio palestino nas nove milhas para as quais foi ampliado recentemente na região norte o limite habitual de seis milhas pela alta temporada de pesca.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas