Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Israel apreende "Navio da Liberdade" de Gaza e o leva para porto de Ashdod (VIDEO)

O exército de Israel capturou nesta terça-feira o "Navio da Liberdade", que zarpou durante a manhã da Faixa de Gaza com o objetivo de romper o bloqueio marítimo e chegar ao Chipre, e o está transferindo para o porto de Ashdod, que fica próximo do território palestino.


EFE

Jerusalém - "Um navio palestino foi capturado com pelo menos 17 palestinos a bordo", confirmou à Agência Efe uma porta-voz militar israelense, que acrescentou que a operação aconteceu sem a adoção de medidas excepcionais.


Resultado de imagem para Israel apreende Navio da Liberdade
Reprodução

"O navio será examinado e levado para a base naval de Ashdod. Depois de uma investigação, os palestinos serão enviados de volta à Faixa de Gaza", acrescentou a fonte, que afirmou que os mesmos, em princípio, não serão detidos.

O exército israelense oferecerá assistência médica às pessoas que viajavam na embarcação, caso seja necessário.

Pouco antes, quatro navios militares israelenses interceptaram e cercaram a embarcação, que zarpou esta manhã do porto da Cidade de Gaza com feridos, doentes e estudantes a bordo, que reivindicam permissão para deixar a Faixa.

Adham Abu Selmeya, da Comissão Nacional para Desafiar o Bloqueio, confirmou em comunicado que quatro embarcações armadas interceptaram o navio palestino nas nove milhas para as quais foi ampliado recentemente na região norte o limite habitual de seis milhas pela alta temporada de pesca.



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas