Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Marinha dos Estados Unidos planeja instalar armas laser em seus navios

A Marinha dos EUA planeja instalar armas a laser Helios em navios de combate para substituir os canhões e os complexos de mísseis, escreve a mídia britânica citando fontes militares norte-americanos.


Sputnik

A edição Daily Star comunica que o complexo Helios vai substituir o sistema de artilharia Phalanx MS-15 e poderá proteger os navios de toda uma série de ameaças.


Resultado de imagem para us navy laser
U.S. Navy Laser Gun Demonstration - "LaWS" Laser Weapon System

"Trata-se de armas laser que passaram a ter a potência e a estrutura de raio necessários para proteger as embarcações de veículos aéreos não tripulados, pequenos navios, bem como de algumas armas de curto alcance", frisou a fonte.

O uso do Helios vai livrar a Marinha dos EUA da necessidade de armazenar munições no navio, diz o artigo.

Entretanto, os especialistas indicam ao que a Marinha dos EUA ainda não está pronta para tais novidades. Assim, na opinião do especialista do Centro de Avaliações Estratégicas e Orçamentárias Mark Gunzinger, ainda não foi construído o sistema de "abastecimento elétrico adequado" para as armas laser.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas