Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Marinha dos Estados Unidos planeja instalar armas laser em seus navios

A Marinha dos EUA planeja instalar armas a laser Helios em navios de combate para substituir os canhões e os complexos de mísseis, escreve a mídia britânica citando fontes militares norte-americanos.


Sputnik

A edição Daily Star comunica que o complexo Helios vai substituir o sistema de artilharia Phalanx MS-15 e poderá proteger os navios de toda uma série de ameaças.


Resultado de imagem para us navy laser
U.S. Navy Laser Gun Demonstration - "LaWS" Laser Weapon System

"Trata-se de armas laser que passaram a ter a potência e a estrutura de raio necessários para proteger as embarcações de veículos aéreos não tripulados, pequenos navios, bem como de algumas armas de curto alcance", frisou a fonte.

O uso do Helios vai livrar a Marinha dos EUA da necessidade de armazenar munições no navio, diz o artigo.

Entretanto, os especialistas indicam ao que a Marinha dos EUA ainda não está pronta para tais novidades. Assim, na opinião do especialista do Centro de Avaliações Estratégicas e Orçamentárias Mark Gunzinger, ainda não foi construído o sistema de "abastecimento elétrico adequado" para as armas laser.

Postar um comentário