Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

Marinha dos EUA relança Segunda Frota para abordar 'ameaças russas' no Atlântico Norte

Os Estados Unidos anunciaram planos para restabelecer a Segunda Frota no norte do oceano Atlântico, após a publicação da nova Estratégia Nacional de Defesa do país, que deixa claro que os EUA estão "de volta a uma era de grande competição de poder", segundo afirmou o chefe de operações navais John Richardson nesta sexta-feira.


Sputnik

"O ambiente de segurança continua a crescer mais desafiador e complexo", disse o almirante em discurso na cidade de Norfolk, na Virgínia. "É por isso que hoje estamos relançando a Segunda Frota, para enfrentar esses desafios, particularmente no Atlântico Norte".


Resultado de imagem para us navy 2nd fleet
US Navy reativa a Segunda Frota

De acordo com vários oficiais presentes, ouvidos pelo USNI News, a medida seria motivada principalmente por supostas ameaças impostas pela Rússia na região onde a frota irá operar.

A sede do comando da Segunda Frota será localizada em Norfolk, onde as autoridades operacionais e de treinamento exercitarão sobre navios, aeronaves e forças de desembarque designados na condução de operações marítimas, conjuntas e combinadas em apoio a comandos unificados e aliados. Ainda segundo o USNI, cerca de 15 militares da Marinha dos Estados Unidos devem ser destacados para esse comando inicialmente. Mas a ideia é a de que esse número chegue a 250 homens.

Comentários

Postagens mais visitadas