Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

Marinha Russa lança ao mar corveta ‘Shkval’

Uma nova corveta russa de mísseis guiados deve ser lançada neste sábado em um estaleiro na cidade portuária de São Petersburgo, no noroeste do país, informou o construtor.


Poder Naval

São Petersburgo – “A cerimônia de lançamento do segundo navio Project 22800, chamado Shkval, será realizada em 5 de maio no novo complexo de estaleiros Pella”, diz o comunicado.


Corveta Shkval, Project 22800

A corveta de 800 toneladas de deslocamento projetada pelo escritório de design central naval Almaz tem 67 metros de comprimento e 11 metros de largura. Pode navegar a 30 nós a uma distância de até 2.500 milhas náuticas.

Esta classe de corvetas está equipada com mísseis de cruzeiro Kalibr-NK, mísseis antinavio P-800 Onix (ambos em células VLS) e CIWS Pantsir-M/Palitsa, bem como equipamentos de guerra eletrônica. Os navios de guerra distinguem-se pela sua alta capacidade de manobra e design geral furtivo.

As corvetas Project 22800, codinome Karakurt (em russo: малые ракетные корабли проекта 22800, шифр «Каракурт») é uma nova classe de corvetas de mísseis guiados em construção para a Marinha Russa. O termo каракурт, transliterado Karakurt, significa literalmente Latrodectus tredecimguttatus, a aranha viúva negra europeia.

A nova classe destina-se a ser um complemento de águas azuis de melhores características marinheiras para as corvetas da classe Buyan-M, que foram projetadas para a zona litorânea e estão atualmente servindo na Flotilha Cáspia e na Frota do Mar Negro da Rússia. Os dois primeiros navios foram lançados em 24 de dezembro de 2015 e, a partir de julho de 2016, quatro estão em construção.

Em agosto de 2016, foi relatado que um total de sete navios foram encomendados ao estaleiro Pella (pelo menos um dos quais será construído em More na Crimea), e que outros cinco navios da classe foram encomendados ao estaleiro Zelenodolsk.

COLABOROU: Rustam Bogaudinov

Postar um comentário