Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Ministro ucraniano invoca para 'queimar Moscou'

Ministro da Infraestrutura ucraniano Vladimir Omelyan chamou a Rússia de "império de bárbaros" e apelou para queimar Moscou, segundo ele postou em sua página do Facebook.


Sputnik

Continuando com a "metáfora", Omelyan declarou que o objetivo dos bárbaros é a destruição de "tudo o que eles não conseguem conquistar, entender e roubar". Ele também culpou "alguns políticos ocidentais" por continuarem a manter boas relações com a Rússia.

Neonazistas na Ucrânia (foto de arquivo)
Neonazistas ucranianos © AP Photo / Sergei Chuzavkov

Além disso, o ministro sublinhou que eles têm sorte que as "hordas moscovitas" ainda não trouxeram fogo às "pacatas ruas europeias". A guerra nunca vai parar, acrescentou.

"É impossível mudar ou reeducar Moscou — apenas queimar", disse o ministro.

Não é pela primeira vez que os políticos ucranianos demonstram o desejo de prejudicar a Rússia. Recentemente, o deputado ucraniano Igor Mosiychuk ameaçou destruir a Ponte da Crimeia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas