Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Mísseis balísticos iemenitas atacam base militar saudita em Najran

Forças do Exército iemenita, apoiadas por combatentes aliados dos Comitês Populares, dispararam um míssil balístico de fabricação nacional em uma base militar na região de Najran, na fronteira com a Arábia Saudita, em retaliação aos ataques militares liderados pela Arábia Saudita.


Pars Today

A rede de televisão al-Masirah em língua árabe do Iêmen informou, citando uma fonte militar, que a base militar al-Darb dos sauditas havia sido alvo de um míssil de curto alcance do tipo Badr 1 na sexta-feira.


Mísseis balísticos iemenitas atacam base militar saudita em Najran

Não houve uma palavra imediata sobre o número exato de vítimas.

Fontes sauditas afirmaram interceptar o míssil iemenita que está chegando.

Na quinta-feira, as forças iemenitas dispararam pelo menos dois mísseis al Badr-1 em bases sauditas e um centro de guerra eletrônica na mesma região problemática.

O relatório dizia que o projétil tinha como alvo um grupo de soldados e mercenários sauditas na base.

As forças iemenitas disparam regularmente mísseis balísticos em posições dentro da Arábia Saudita em retaliação à campanha militar liderada por Riyadh no Iêmen.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas