Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Mísseis balísticos iemenitas atacam base militar saudita em Najran

Forças do Exército iemenita, apoiadas por combatentes aliados dos Comitês Populares, dispararam um míssil balístico de fabricação nacional em uma base militar na região de Najran, na fronteira com a Arábia Saudita, em retaliação aos ataques militares liderados pela Arábia Saudita.


Pars Today

A rede de televisão al-Masirah em língua árabe do Iêmen informou, citando uma fonte militar, que a base militar al-Darb dos sauditas havia sido alvo de um míssil de curto alcance do tipo Badr 1 na sexta-feira.


Mísseis balísticos iemenitas atacam base militar saudita em Najran

Não houve uma palavra imediata sobre o número exato de vítimas.

Fontes sauditas afirmaram interceptar o míssil iemenita que está chegando.

Na quinta-feira, as forças iemenitas dispararam pelo menos dois mísseis al Badr-1 em bases sauditas e um centro de guerra eletrônica na mesma região problemática.

O relatório dizia que o projétil tinha como alvo um grupo de soldados e mercenários sauditas na base.

As forças iemenitas disparam regularmente mísseis balísticos em posições dentro da Arábia Saudita em retaliação à campanha militar liderada por Riyadh no Iêmen.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas