Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA e Rússia revivem a Guerra Fria no Oriente Médio com duas cúpulas

Reuniões paralelas, na Polônia e na Rússia, representaram a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito entre Israel e a Palestina
Juan Carlos Sanz e María R. Sahuquillo | El País
Sochi / Jerusalém - Em 1991, a Conferência de Madri estabeleceu um modelo para o diálogo multilateral no Oriente Médio após o fim da Guerra Fria, que havia colocado Washington contra Moscou na disputa pela hegemonia em uma região estratégica. Transcorridos mais de 27 anos, dois conclaves paralelos representaram nesta quinta-feira em Varsóvia (Polônia) e Sochi (Rússia) a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito israelo-palestino. Os Estados Unidos e a Rússia, copresidentes em Madri em 1991, já não atuam mais como mediadores para aliviar as tensões e, mais uma vez, assumem um lado entre as partes conflitantes.

No fórum da capital polonesa, a diplomacia dos EUA chegou a um impasse ao reunir mais de 60 países em uma reu…

Motociclista é morto a tiros por soldado do Exército brasileiro em blitz no Rio

Homem tentou furar posto de bloqueio e controle do Exército próximo à Transolímpica e foi atingido por disparo, segundo o Comando Militar do Leste. Ônibus foi incendiado após morte.


Por G1

Um motociclista foi morto em uma blitz do Exército, na noite deste sábado (12), no Rio de Janeiro. O tiro foi disparado por um soldado na Rua Salustiano Silva, na Zona Norte da cidade.

Resultado de imagem para Motociclista é morto a tiros por soldado do Exército em blitz no Rio
Soldados do Exército fazem blitz no Rio | Márcio Alves / Agência O Globo

O Comando Militar do Leste afirma que o motociclista tentou furar um posto de bloqueio e controle do Exército por volta das 20h30, na área da Vila Militar próximo à Transolímpica, e foi atingido por um disparo de arma de fogo proferido por um dos soldados que operavam o posto.

"Todas as providências legais cabíveis estão sendo tomadas nesse momento", afirmou o Comando Militar do Leste, em nota. "As circunstâncias estão sendo apuradas."

O Corpo de Bombeiros identificou a vítima como Diego Augusto Ferreira, de 25 anos. Após a morte, um ônibus da linha 793 (Pavuna-Sulacap) foi incendiado na Rua Almeida e Souza, em Magalhães Bastos, a poucos metros do local da blitz. Segundo funcionários da emrpesa de ônibus, não houve feridos no incêndio.

A Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro informou que não foi acionada para fazer a perícia no local. O 14º Batalhão da Polícia Militar (Bangu) disse que também não foi acionado para responder à ocorrência.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas