Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Pelo menos 11 combatente pró Assad morrem em enfrentamentos com EI na Síria

Pelo menos 11 combatentes leais ao presidente sírio, Bashar al-Assad, incluídos vários estrangeiros, morreram nas últimas horas em enfrentamentos com o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no nordeste do país, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Cairo - Com este novo número, sobe para 76 o número de leais à Assad mortos, entre eles nove soldados russos, enquanto também faleceram 25 jihadistas nos combates que aconteceram entre ambos nos últimos dias em Deir ez Zor, além de em Damasco e na província de Homs, segundo a ONG.

Resultado de imagem para Pelo menos 11 combatente pró Assad morrem em enfrentamentos com EI na Síria
Tropas sírias | Reprodução

Entre os mortos nos combates que acontecem desde a tarde de sábado nas frentes de Albukamal e Al Mayadin, na província de Deir ez Zor, há militares sírios e estrangeiros, segundo a ONG, que não precisou a nacionalidade das vítimas.

O Observatório advertiu que os enfrentamentos deixaram vários feridos, alguns em estado grave, por isso que o número de vítimas mortais pode aumentar.

O Ministério de Defesa da Rússia informou hoje que quatro militares russos morreram e outros cinco ficaram feridos em um ataque cometido por um grupo terrorista em Deir ez Zor.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas