Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Pelo menos 11 combatente pró Assad morrem em enfrentamentos com EI na Síria

Pelo menos 11 combatentes leais ao presidente sírio, Bashar al-Assad, incluídos vários estrangeiros, morreram nas últimas horas em enfrentamentos com o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no nordeste do país, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Cairo - Com este novo número, sobe para 76 o número de leais à Assad mortos, entre eles nove soldados russos, enquanto também faleceram 25 jihadistas nos combates que aconteceram entre ambos nos últimos dias em Deir ez Zor, além de em Damasco e na província de Homs, segundo a ONG.

Resultado de imagem para Pelo menos 11 combatente pró Assad morrem em enfrentamentos com EI na Síria
Tropas sírias | Reprodução

Entre os mortos nos combates que acontecem desde a tarde de sábado nas frentes de Albukamal e Al Mayadin, na província de Deir ez Zor, há militares sírios e estrangeiros, segundo a ONG, que não precisou a nacionalidade das vítimas.

O Observatório advertiu que os enfrentamentos deixaram vários feridos, alguns em estado grave, por isso que o número de vítimas mortais pode aumentar.

O Ministério de Defesa da Rússia informou hoje que quatro militares russos morreram e outros cinco ficaram feridos em um ataque cometido por um grupo terrorista em Deir ez Zor.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas