Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Lançamento do Submarino Riachuelo – S40 (VIDEO)

Hoje, 14 de dezembro, às 10h da manhã em Itaguaí-RJ, teve início a Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo, o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha do Brasil. A cerimônia conta com a presença do Presidente da República.
Poder Naval

O nome do primeiro submarino, “Riachuelo”, é alusivo à Batalha Naval do Riachuelo, considerada decisiva na Guerra do Paraguai, com atuação destacada da Marinha do Brasil.


Acompanhe a Cerimônia em tempo real no vídeo no final deste post.
Prosub

O Brasil tem o mar como uma forte referência em todo o seu desenvolvimento. É nessa área marítima que os brasileiros desenvolvem as atividades pesqueiras, o comércio exterior e a exploração de recursos biológicos e minerais. A imensa riqueza das águas, do leito e do subsolo marinho nesse território justifica seu nome: Amazônia Azul.

A Amazônia Azul cobre uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas o país pleiteia na Organização das Naç…

Pentágono receia estar 'indefeso' perante mísseis russos Kinzhal, comunica mídia

Os militares americanos estão preocupados com relatos sobre a entrada em serviço de caças interceptores russos MiG-31 equipados com mísseis Kinzhal, comunica um portal militar.


Sputnik

Vários altos representantes do Pentágono frisaram que os EUA estão desprotegidos contra armas hipersônicas de produção russa. Assim, por exemplo, o exército estadunidense não é capaz de fazer frente às armas com velocidade superior a Mach 3, enquanto os novos mísseis russos atingem Mach 5, Mach 10 e até Mach 20.


Tripulação do MiG-31 conduz lançamentos do míssil hipersônico Kinzhal
Tripulação do Mig 31 com o míssil Kinzhal | Ministério da Defesa da Rússia

Citados pelo Military Watch, os altos oficiais militares também realçam que os EUA nem sequer são capazes de superar os mísseis soviéticos SCUD, que eram produzidos muito antes da "família" hipersônica.

O MiG-31, por sua vez, foi otimizado para poder portar mísseis pesados, enquanto sua grande precisão é uma condição ideal para a instalação do Kinzhal. O lançamento de míssil ocorre a uma altura superior a 10 quilômetros. Graças ao sistema de manejo aerodinâmico, o Kinzhal pode manobrar e evitar zonas perigosas.

Além do mais, o míssil elimina alvos a cerca de 2.000 quilômetros de distância, o que supera o alcance de qualquer sistema de defesa antiaérea.

Mais cedo, o vice-ministro da Defesa russo, Yuri Borisov, enfatizou que o Kinzhal é inalcançável e tem um potencial de combate muito sério. Considera-se que os principais alvos para esta arma são navios grandes.

Especialistas ressaltam que por enquanto nenhum país no mundo tem em sua disposição uma arma comparada ao Kinzhal.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas