Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

Polícia do Exército Brasileiro reforça segurança no entorno de refinaria no Rio

Um grupamento de militares da Polícia do Exército (PE) chegou neste domingo (27), às 13h, à região no entorno da Refinaria Duque de Caxias (Reduc). Na área, estão localizadas as principais distribuidoras de combustíveis, como BR e Raizen (Shell).


Por Vladimir Platonow | Agência Brasil

Dez camionetes da PE e até uma ambulância militar passaram entre as centenas de manifestantes, sem despertar temor entre os presentes, que aplaudiram os militares e cantaram o Hino Nacional.

Um grupamento de militares da Polícia do Exército reforça segurança no entorno da Refinaria Duque de Caxias (Reduc)
Um grupamento de militares da Polícia do Exército reforça segurança no entorno da Refinaria Duque de Caxias (Reduc)/Tânia Rego/Agência Brasil

Porém, outros manifestantes disseram que só vão permitir a saída dos caminhões-tanque se for para órgãos públicos. Mais cedo, houve um princípio de tumulto, quando um caminhoneiros tentou entrar na distribuidora para abastecer o caminhão-tanque e teve uma de suas mangueiras cortadas.

Porta-voz do Comando Militar do Leste (CML), o coronel Carlos Cinelli disse que, por questões de segurança, o destino do combustível não pode ser revelado. Informou, no entanto, que uma das prioridades é abastecer o setor de saúde, principalmente hospitais.

"Por solicitação da Secretaria de Segurança, em ação integrada e coordenada com a PRF e PM, tropas de Polícia do Exército estão em deslocamento para a Reduc, a fim de garantir o fluxo logístico de combustível", informou o coronel Cinelli pouco antes do início da operação.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas