Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Polícia do Exército Brasileiro reforça segurança no entorno de refinaria no Rio

Um grupamento de militares da Polícia do Exército (PE) chegou neste domingo (27), às 13h, à região no entorno da Refinaria Duque de Caxias (Reduc). Na área, estão localizadas as principais distribuidoras de combustíveis, como BR e Raizen (Shell).


Por Vladimir Platonow | Agência Brasil

Dez camionetes da PE e até uma ambulância militar passaram entre as centenas de manifestantes, sem despertar temor entre os presentes, que aplaudiram os militares e cantaram o Hino Nacional.

Um grupamento de militares da Polícia do Exército reforça segurança no entorno da Refinaria Duque de Caxias (Reduc)
Um grupamento de militares da Polícia do Exército reforça segurança no entorno da Refinaria Duque de Caxias (Reduc)/Tânia Rego/Agência Brasil

Porém, outros manifestantes disseram que só vão permitir a saída dos caminhões-tanque se for para órgãos públicos. Mais cedo, houve um princípio de tumulto, quando um caminhoneiros tentou entrar na distribuidora para abastecer o caminhão-tanque e teve uma de suas mangueiras cortadas.

Porta-voz do Comando Militar do Leste (CML), o coronel Carlos Cinelli disse que, por questões de segurança, o destino do combustível não pode ser revelado. Informou, no entanto, que uma das prioridades é abastecer o setor de saúde, principalmente hospitais.

"Por solicitação da Secretaria de Segurança, em ação integrada e coordenada com a PRF e PM, tropas de Polícia do Exército estão em deslocamento para a Reduc, a fim de garantir o fluxo logístico de combustível", informou o coronel Cinelli pouco antes do início da operação.

Comentários

Postagens mais visitadas