Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Polônia planeja pagar US$ 2 bilhões por base militar norte-americana em seu território

Varsóvia está disposta a pagar até dois bilhões de dólares (R$ 7,3 bilhões) para construção de base militar definitiva norte-americana no território da Polônia.


Sputnik

"A proposta descreve a necessidade óbvia e urgente de uma divisão militar permanente dos EUA na Polônia. Trata-se do compromisso da Polônia de fornecer apoio significativo que pode alcançar de 1,5 a 2 bilhões de dólares para criação de instalações militares conjuntas e para movimento mais flexível das forças norte-americanas", informou a edição Onet, citando um documento oficial do Ministério da Defesa polonês. 

Soldado polonês junto às bandeiras da OTAN, Polônia e EUA
Militar polonês com as bandeiras dos EUA, Polônia e OTAN ao fundo© REUTERS / Kacper Pempel

Além disso, a Polônia está disposta a "partilhar o fardo das despesas com defesa e tornar essa solução mais rentável para o governo dos EUA".

Segundo a edição, o documento contém informação sobre possível localização de instalações militares e hospitais, bem como de escolas e academias para o pessoal e membros familiares. A proposta já foi enviada à Casa Branca e ao Congresso dos EUA.

Anteriormente, a chancelaria polonesa declarou que a presença de tropas norte-americanas na Europa constitui a base para realização da política de segurança realizada por Varsóvia. Moscou, por sua vez, declarou preocupação quanto à militarização da Polônia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas