Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Lançamento do Submarino Riachuelo – S40 (VIDEO)

Hoje, 14 de dezembro, às 10h da manhã em Itaguaí-RJ, teve início a Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo, o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha do Brasil. A cerimônia conta com a presença do Presidente da República.
Poder Naval

O nome do primeiro submarino, “Riachuelo”, é alusivo à Batalha Naval do Riachuelo, considerada decisiva na Guerra do Paraguai, com atuação destacada da Marinha do Brasil.


Acompanhe a Cerimônia em tempo real no vídeo no final deste post.
Prosub

O Brasil tem o mar como uma forte referência em todo o seu desenvolvimento. É nessa área marítima que os brasileiros desenvolvem as atividades pesqueiras, o comércio exterior e a exploração de recursos biológicos e minerais. A imensa riqueza das águas, do leito e do subsolo marinho nesse território justifica seu nome: Amazônia Azul.

A Amazônia Azul cobre uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas o país pleiteia na Organização das Naç…

Putin buscará com Netanyahu saídas para situação "tensa" no Oriente Médio

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira que dedicará sua reunião com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em busca de soluções para a "tensa" situação que se criou no Oriente Médio.


EFE

Moscou - "Aproveitaremos sua visita para falar das relações bilaterais e dos problemas na região, porque a situação, infelizmente, é tensa", disse Putin ao início de seu encontro com Netanyahu no Kremlin.


EFE/ Sergei Ilnitsky
Benjamin Netanyahu e Vladimir Putin | EFE/ Sergei Ilnitsky

O líder russo expressou confiança de que as partes discutam soluções que possam levar a uma distensão na região e permitam "encontrar os caminhos para a resolução dos conflitos agudos".

O líder israelense, por sua vez, afirmou que avalia a possibilidade de abordar a situação na região com Putin a fim de que ambos possam "pensar juntos" como é possível "eliminar as ameaças existentes de maneira responsável e sensata".

Antes de viajar para a Rússia, Netanyahu disse que conversará com Putin sobre a necessidade de garantir uma coordenação contínua entre as forças armadas russas e israelenses para evitar incidentes na Síria.

As posições de Moscou e Tel Aviv são diametralmente opostas no conflito sírio, onde a Rússia é aliada do Irã, o principal inimigo de Israel.

A reunião acontece horas depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a saída do seu país do acordo nuclear iraniano.

Na manhã de hoje, os dois governantes renderam homenagem à memória dos caídos na Segunda Guerra Mundial ao depositarem uma coroa de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido em Moscou.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas