Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA

Durante sua última missão no mar Mediterrâneo em abril passado, a fragata Admiral Essen da Marinha russa conseguiu detectar e perseguir um submarino nuclear dos EUA perto da costa síria. Essa informação foi só agora tornada pública.
Sputnik

A fragata Admiral Essen, pertencente à Frota do Mar Negro, perseguiu o submarino estadunidense da classe Ohio durante mais de duas horas, comunica o jornal russo Izvestiya, citando o Estado-Maior da Marinha russa.

A tripulação do navio russo registrou os parâmetros principais do submarino para, em seguida, os adicionar ao retrato acústico do submersível.

A fragata havia partido para o mar Mediterrâneo em março e regressou à base de Sevastopol no fim de junho. Encontrava-se na zona costeira síria quando os EUA, o Reino Unido e a França atacaram a Síria com mísseis.

Além disso, no decurso da missão, a sua tripulação realizou uma série de manobras táticas. Em particular, treinou ataques contra alvos marítimos e aéreos, combate em grupo e isolado, bem como…

Pyongyang instala plataforma de observadores para fechamento de base nuclear

A Coreia do Norte está instalando uma plataforma para observadores em relação ao desmantelamento público do seu centro de testes nucleares, que deve realizar na próxima semana, segundo mostram imagens de satélite.


EFE

Seul - O site especializado 38North revelou hoje que as fotos feitas de da base nuclear de Punggye-ri (nordeste do país) mostram que se poderia estar construindo "uma plataforma de observação que permita aos jornalistas ver de maneira segura a derrubada das portas norte e oeste do centro".

Resultado de imagem para Pyongyang instala plataforma de observadores
Reprodução

Os especialistas, que assinalaram esta semana que o desmantelamento do centro de testes nucleares está "muito avançado", asseguram agora que os preparativos parecem que continuam em relação à visita de jornalistas estrangeiros que serão testemunhas do encerramento definitivo da base entre 23 e 25 de maio.

A Coreia do Norte anunciou que encerraria Punggye-ri publicamente (convidando observadores e imprensa internacional), derrubando os túneis com explosões, bloqueando as entradas e eliminando todos os postos de guarda, e instalações de observação e pesquisa.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas