Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Rússia desenvolve projeto de novo submarino nuclear de 5ª geração

O projeto geral do submarino Khaski de 5ª geração e a definição de seu visual já foram estabelecidos, agora estão sendo desenvolvidas as características táticas e técnicas, anunciou Aleksei Rakhmanov, chefe da United Shipbuilding Corporation (Corporação Unida da Construção Naval, em português).


Sputnik

"Já terminamos o projeto conceitual do submarino de 5ª geração Khaski, assim como a definição de seu visual. Foram propostas diversas opções, temos de escolher a melhor", disse ao jornal russo Izvestia.

Submarino nuclear de 5ª geração do projeto Khaski
Submarino russo Khaski de 5ª geração © Sputnik

"No momento, estão sendo desenvolvidas as características táticas e técnicas do novo submarino. Todo o resto sobre o Khaski é ainda segredo militar", acrescentou Rakhmanov.

Ainda há pouca informação sobre os submarinos nucleares multifuncionais de 5ª geração do projeto Khaski. Sabe-se que o submarino terá um sistema de mísseis de cruzeiro hipersônicos Tsirkon, mencionado pela primeira vez nos meios de comunicação em fevereiro de 2011. A suposta designação do sistema de mísseis é 3K-22 e do próprio míssil — 3M22.

Como foi informado recentemente pelo vice-comandante da Marinha da Rússia, Viktor Bursuk, a fabricação de submarinos nucleares do projeto Khaski será incluída no programa estatal de armamento para 2018-2025.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas