Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que alguns países ocidentais não querem libertação de Idlib?

A libertação de Idlib marcará a vitória total das forças governamentais e o fracasso dos planos de países ocidentais de derrubar as autoridades legítimas sírias.
Sputnik

No entanto, segundo Pierre Le Corf, ativista francês que vive em Aleppo, a tarefa não será fácil. 


"Será muito difícil libertar Idlib, porque todas as forças da coalizão lideradas pelos EUA e governos [ocidentais] envolvidos na guerra até o momento se opõem à libertação da província", disse Le Corf à Sputnik França.

Ele comentou que assim que a província síria de Idlib for libertada, terá que "libertar as zonas ocupadas ilegalmente pelos EUA, França e até pela Itália no norte do país". Por esse motivo, nenhum desses países quer a libertação da província.

Le Corf salientou que a intenção de manter o status atual poderia levar a "um massacre da população civil de Idlib", referindo-se às múltiplas advertências dos militares sírios e russos sobre a possível encenação de ataques químicos com o prop…

Senador russo nomeia 2 possíveis pontos de conflito entre Rússia e EUA

O membro do Conselho da Federação russo, Aleksei Pushkov, disse que agora há dois pontos no mundo onde a Rússia e os Estados Unidos podem se enfrentar diretamente.


Sputnik

"Há duas zonas de potencial conflito entre EUA e Rússia: a Síria e o Báltico. A atividade militar dos EUA no Báltico pode provocar uma crise grave", escreveu o senador em sua conta no Twitter.


Resultado de imagem para Aleksei Pushkov
Alexei Pushkov | Reprodução

Anteriormente, a mídia dos EUA informou sobre "interceptação" do avião de vigilância Boeing P-8 Poseidon pelo caça russo Su-27 no céu sobre o Báltico. O artigo observa que as ações do piloto do caça Su-27 são descritas como seguras, mas não profissionais.

O incidente ocorreu nesta quarta-feira (2), sobre o mar Báltico. De acordo com dados do CNN, o Su-27 se aproximou a uma distância de seis metros da aeronave norte-americana, ficando perto dela durante nove minutos.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas