Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Síria repele suposto ataque israelense perto de Damasco

Forças de Israel supostamente atacaram alvos perto de Damasco, na Síria, nesta terça-feira, segundo informou a mídia local.


Sputnik

De acordo com a agência SANA, pelo menos dois mísseis israelenses disparados contra a área de Al-Kaswa teriam sido interceptados por sistemas de defesa antiaérea da Síria, ao sul da capital. 


A mídia do Estado sírio culpa Israel por ataques aéreos na base militar iraniana no sul de Damasco, diz que as defesas aéreas derrubaram 2 mísseis. 

Fontes afirmam que o ataque, ocorrido pouco depois de os Estados Unidos se retirarem do acordo internacional firmado sobre o programa nuclear do Irã, teria como alvo uma base militar iraniana localizada em território sírio.

Até o momento, não há registro de vítimas.

Uma fonte do Aeroporto Internacional de Beirute disse à Sputnik que aviões de combate israelenses foram detectados no espaço aéreo libanês no momento dos ataques contra o território da Síria. Tel Aviv, no entanto, ainda não se manifestou sobre o caso.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas