Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Su-27 russo teria se aproximado de avião dos EUA sobre mar Báltico

O caça russo Su-27 se aproximou do avião de vigilância Boeing P-8 Poseidon da Marinha dos EUA no espaço aéreo sobre a região do Báltico, comunicou o canal CNN, citando dois representantes das Forças Armadas norte-americanas.


Sputnik

O incidente ocorreu nesta quarta-feira (2), sobre o mar Báltico. De acordo com dados do canal, o Su-27 se aproximou a uma distância de seis metros da aeronave norte-americana, ficando perto dela durante nove minutos. 


Resultado de imagem para su-27 interceptação
Sukhoi Su-27 faz interceptação a aeronave dos EUA | Reprodução

"A intercepção foi descrita pelos representantes das Forças Armada dos EUA como segura, mas não profissional", especificou o canal.

Segundo um dos interlocutores do CNN, a Marinha oficialmente não utiliza a classificação de tais incidentes como "professionais" ou "não profissionais", usando somente os termos de "seguro" ou "não seguro".

Zach Harrell, porta-voz da Marinha dos EUA, preferiu não comentar a situação, contudo, afirmou que navios e aviões do Departamento de Defesa dos EUA "colaboram regularmente com unidades militares de outros países".

Por enquanto, a Sputnik não dispõe de comentário do Ministério da Defesa russo.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas