Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Tiroteio entre tropas da ONU e rebeldes na República Centro Africana termina com 9 feridos

Um grupo de militares de Portugal ligados à missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) entrou em confronto com rebeldes do grupo Force na capital da República Centro Africana nesta terça-feira (1). O confronto resultou em nove feridos - todos eles do lado dos rebeldes.


Sputnik

As informações são do Observador.

De acordo com informações do gabinete do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, os rebeldes estavam atacando a igreja Notre Dame de Fátima e os militares portugueses interviram para proteger a população.


Soldados da Missão de Estabilização Integrada Multidimensional da ONU (MINUSCA) na República Centro-Africana
Capacetes azuis da MINUSCA © flickr.com/ United Nations Photo

O ataque teria sido motivado pela prisão de um integrante do grupo Force por parte dos capacetes azuis da ONU.

Um dos rebeldes foi detido.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas