Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Turquia promete permanecer na Síria e no Iraque até eliminar 'o último terrorista'

Turquia continuará as operações militares no norte da Síria e do Iraque contra formações curdas, declarou o presidente, Recep Tayyip Erdogan, durante um comício político.


Sputnik

"A Turquia continuará as operações na região para eliminar o último terrorista nos territórios no norte da Síria e no Iraque", disse Erdogan, citado pela Anadolu.


Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia
Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan © REUTERS / Umit Bektas

O líder turco também disse que a Turquia está se tornando passo a passo o estado mais forte da região e em breve estará entre os maiores atores políticos internacionais.

Ao mesmo tempo, as tentativas de redefinir as fronteiras e estabelecer um novo status quo na área "são quebrados contra a vontade da Turquia e do povo turco", disse Erdogan.

Em 20 de janeiro, Ankara e seus aliados da oposição, Exército Sírio Livre, iniciaram em Afrin, no noroeste da Síria, a operação Ramo de Oliveira, visando atacar as tropas curdas (YPG).

Para a Turquia, a YPG são uma extensão do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), banido no país por ser considerado uma organização terrorista.

Em 18 de março, Erdogan afirmou que a cidade de Afrin está sob o controle dos militares turcos e seus aliados.

Damasco condenou a operação turca contra Afrin e sublinhou que a cidade é parte inalienável do território sírio.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas