Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

Turquia promete responder se EUA deixarem de vender caças F-35 a Ancara

A Turquia irá retaliar caso Washington bloqueie os fornecimentos de caças F-35 ao país, declarou o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu.


Sputnik

Cavusoglu adicionou que a proposta dos legisladores norte-americanos de parar temporariamente a venda de armas à Turquia, incluindo os caças F-35, foi errada, ilógica e não coordenada entre os aliados da OTAN.


Caça F-35 Lightning II da Lockheed Martin
F-35 Lightning II © AFP 2018/ Evert-Jan Daniels

Ancara comprou os caças F-35A no âmbito do programa multinacional Joint Strike Fighter, liderado pelos EUA.

Mais cedo, o vice-secretário de Estado dos EUA para Assuntos Europeus e Eurasiáticos, Wess Mitchell, avisou que a compra dos mísseis russos S-400 pela Turquia poderia afetar a decisão de Washington de fornecer caças F-35 a Ancara.

Recentemente, o senador norte-americano James Lankford disse que "as decisões estratégicas da Turquia infelizmente cada vez divergem mais, e às vezes contradizem os interesses dos EUA".

De acordo com ele, a cooperação geopolítica de Ancara com Moscou e a sua decisão de comprar os sistemas antiaéreos russos S-400 poderia dificultar os fornecimentos de caças F-35.

Em dezembro de 2017, a Rússia e a Turquia assinaram o acordo sobre o fornecimento de sistemas S-400 a Ancara. De acordo com a declaração do Secretariado da Indústria de Defesa turco, Ancara adquiriu duas baterias deste sistema, que será operado por militares turcos.

Comentários

Postagens mais visitadas