Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Turquia promete responder se EUA deixarem de vender caças F-35 a Ancara

A Turquia irá retaliar caso Washington bloqueie os fornecimentos de caças F-35 ao país, declarou o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu.


Sputnik

Cavusoglu adicionou que a proposta dos legisladores norte-americanos de parar temporariamente a venda de armas à Turquia, incluindo os caças F-35, foi errada, ilógica e não coordenada entre os aliados da OTAN.


Caça F-35 Lightning II da Lockheed Martin
F-35 Lightning II © AFP 2018/ Evert-Jan Daniels

Ancara comprou os caças F-35A no âmbito do programa multinacional Joint Strike Fighter, liderado pelos EUA.

Mais cedo, o vice-secretário de Estado dos EUA para Assuntos Europeus e Eurasiáticos, Wess Mitchell, avisou que a compra dos mísseis russos S-400 pela Turquia poderia afetar a decisão de Washington de fornecer caças F-35 a Ancara.

Recentemente, o senador norte-americano James Lankford disse que "as decisões estratégicas da Turquia infelizmente cada vez divergem mais, e às vezes contradizem os interesses dos EUA".

De acordo com ele, a cooperação geopolítica de Ancara com Moscou e a sua decisão de comprar os sistemas antiaéreos russos S-400 poderia dificultar os fornecimentos de caças F-35.

Em dezembro de 2017, a Rússia e a Turquia assinaram o acordo sobre o fornecimento de sistemas S-400 a Ancara. De acordo com a declaração do Secretariado da Indústria de Defesa turco, Ancara adquiriu duas baterias deste sistema, que será operado por militares turcos.

Postar um comentário