Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

VÍDEO com tanques dos EUA se dirigindo à Europa surge na Internet

Os EUA enviaram do Texas a primeira brigada de tanques à Europa no âmbito da operação Atlantic Resolve, comunicou o portal polonês Defence24.


Sputnik

Uma conta no Twitter publicou o vídeo mostrando um trem carregado com tanques norte-americanos se dirigindo à Polônia.


Tanque M1Abrams (foto de arquivo)
Tanque norte-americano M1 Abrams © Foto: Joseph A. Lambach, U.S. Marine Corps

De acordo com o portal polonês, estima-se que os EUA enviaram à Europa cerca de 4 mil soldados, bem como o equipamento militar.

A brigada conta com 90 tanques M1 Abrams, 140 veículos blindados de transporte BWP-2000 e veículos de combate de infantaria Bradley, além de 18 unidades de artilharia autopropulsada Paladin.

A intenção de transferir o equipamento militar à Europa foi declarada em janeiro deste ano, comunicou Defence24. Além disso, em 2014 a brigada já havia sido movida para a Europa.

Como parte da operação Atlantic Resolve, iniciada em 2014, que tem como objetivo reforçar a frente leste da OTAN, o primeiro grupo de militares da brigada foi transferido à Polônia em janeiro de 2017.


Assista o vídeo aqui
https://twitter.com/twitter/statuses/990243868095414273

Postar um comentário