Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Analista ucraniano aponta para supremacia do exército russo frente à OTAN

O especialista militar ucraniano Igor Romanenkov, em entrevista ao canal NewsOne, afirmou que as forças armadas da OTAN e dos EUA em conjunto atuam de forma mais lenta que os militares russos.


Sputnik

De acordo com ele, durante manobras, uma unidade russa contanto com cem mil homens é capaz de efetuar manobras de avanço de maneira muito mais rápida que os militares da OTAN.

Soldado russo durante manobras táticas
Militar russo © Sputnik / Vitaly Timkiv

"O potencial da OTAN e dos norte-americanos para uma guerra rápida é inferior ao dos russos", acrescentou.

Anteriormente, a edição Politico, citando um relatório divulgado pelo Pentágono, comunicou que as forças de reação rápida dos EUA e da Europa não suportarão a pressão do exército russo caso os dois lados se envolvam em um conflito armado de grande escala.

De acordo com o documento, a comunicação por satélite, muito popular no exército dos EUA, é vulnerável perante os meios russos de guerra eletrônica.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas