Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Assembleia Geral da ONU pede a retirada das tropas russas da Transnístria

A Assembléia Geral da ONU pediu nesta sexta-feira (22) a retiradas das tropas da Rússia da região separatista da Transnístria com base no projeto de resolução correspondente proposto pela Moldávia.


Sputnik

A resolução foi apoiada por 64 estados com 14 países votando contra. Outros 83 países se abstiveram.

71.ª Assembleia Geral das Nações Unidas
71ª Assembleia Geral da ONU | Beto Barata/ PR

O documentar expressa "profunda preocupação com a continuação do posicionamento do Grupo Operacional das Forças Russas e seus armamentos no território da República da Moldávia sem o consentimento daquele Estado membro das Nações Unidas".

O projeto de resolução "insta a Federação Russa a concluir, incondicionalmente e sem mais demora, a retirada ordenada do Grupo Operacional das Forças Armadas russas e seus armamentos do território da República da Moldávia".

Também foi decidido incluir na agenda provisória da 73ª sessão da Assembleia Geral da ONU a questão da "retirada completa das forças militares estrangeiras do território da República da Moldávia".

O vice-representante permanente da Rússia na ONU, Dmitry Polyansky, afirmou que a resolução adotada pela Assembleia Geral não contribuirá para o progresso nas negociações com a Moldávia.

A desintegração da União Soviética e o medo de uma fusão da Moldávia com a Romênia, incentivaram vários distritos a proclamar a criação da chamada República Moldava da Transnístria no princípio dos anos 90. 60% da população da região, com cerca de 475.000 habitantes, são de origem russa e ucraniana.

Atualmente, a Transnístria representa um território fora do controle de Chisinau, com todos os atributos de Estado, incluindo uma moeda própria.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas