Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

Ataque da coalizão liderada pelos Estados Unidos em Hasaka, Síria, deixa dois mortos

Dois civis foram mortos e outros dois ficaram feridos em uma agressão da coligação internacional liderada pelos EUA na área de Tal al-Shayer, no interior de Hasaka.


Pars Today

Fontes locais disseram à SANA que aviões de guerra da coalizão liderada pelos EUA invadiram a aldeia de Hasan al-Ali ao sudeste da cidade de al-Shadadi, vitimando a vida de um homem de 90 anos e sua esposa, enquanto seu filho e esposa sofreram ferimentos graves e foram levados para um dos hospitais da cidade.

Ataque da coalizão liderada pelos Estados Unidos em Hasaka deixa dois mortos
Reprodução

As fontes acrescentaram que o ataque causou destruição em massa nas casas e nas terras cultivadas.

Moradores de al-Daho, vilarejos al-Dashisha e algumas aldeias de Tal al-Shayer fugiram de sua área por medo do bombardeio indiscriminado dos aviões da coalizão, de acordo com as fontes.

Na sexta-feira, oito civis foram mortos em um ataque da coalizão liderada pelos EUA contra a aldeia de Dheeb Haddaj, a sudeste da cidade de al-Shaddadi, no interior de Hasaka.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas