Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento do encontro do submarino argentino Ara San Juan

Profissionais que operavam um dos veículos submarinos foram os primeiros a ver em tela as imagens da embarcação, que estava desaparecida desde 15 de novembro do ano passado. Submarino foi localizado a 907 metros de profundidade.
Por G1

Um vídeo divulgado neste domingo (18) mostra as primeiras imagens do submarino Ara San Juan, no momento em que profissionais da empresa Ocean Infinity o localizaram. O encontro foi anunciado pela Marinha da Argentina na madrugada de sábado.


No vídeo é possível ver quando a equipe que opera um dos veículos que fazia as buscas vê a embarcação pela primeira vez em uma região de cânions (espécie de rios submarinos), a 907 metros de profundidade, e a 600 km da cidade de Comodoro Rivadavia.

O Ara San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, com 44 pessoas a bordo, e sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma á…

Ataque da coalizão liderada pelos Estados Unidos em Hasaka, Síria, deixa dois mortos

Dois civis foram mortos e outros dois ficaram feridos em uma agressão da coligação internacional liderada pelos EUA na área de Tal al-Shayer, no interior de Hasaka.


Pars Today

Fontes locais disseram à SANA que aviões de guerra da coalizão liderada pelos EUA invadiram a aldeia de Hasan al-Ali ao sudeste da cidade de al-Shadadi, vitimando a vida de um homem de 90 anos e sua esposa, enquanto seu filho e esposa sofreram ferimentos graves e foram levados para um dos hospitais da cidade.

Ataque da coalizão liderada pelos Estados Unidos em Hasaka deixa dois mortos
Reprodução

As fontes acrescentaram que o ataque causou destruição em massa nas casas e nas terras cultivadas.

Moradores de al-Daho, vilarejos al-Dashisha e algumas aldeias de Tal al-Shayer fugiram de sua área por medo do bombardeio indiscriminado dos aviões da coalizão, de acordo com as fontes.

Na sexta-feira, oito civis foram mortos em um ataque da coalizão liderada pelos EUA contra a aldeia de Dheeb Haddaj, a sudeste da cidade de al-Shaddadi, no interior de Hasaka.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas