Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: Rússia e Turquia decidirão que grupos deixarão zona de Idlib

Rússia e Turquia irão determinar em conjunto quais grupos radicais deverão deixar o território da zona desmilitarizada de Idlib, na Síria, segundo afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, neste domingo.
Sputnik

"Durante negociações sobre Idlib em Sochi, nós decidimos estabelecer uma zona desmilitarizada entre os territórios controlados pela oposição e pelo regime. A oposição permanecerá nos territórios que ela ocupa. Vamos garantir que os grupos radicais, designados em conjunto com a Rússia, não operem na região", disse Erdogan em artigo publicado pelo jornal russo Kommersant

Ainda de acordo com o líder turco, Washington segue atrapalhando o equilíbrio na região com seu apoio às Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG) e ao Partido da União Democrática (PYD) na Síria, considerados adversários de Ancara.

"Infelizmente, vemos que o apoio extraordinário que tem sido prestado recentemente, especialmente pelos Estados Unidos, às forças do YPG e do PYD, continua. Tais …

Ataque da coalizão liderada pelos Estados Unidos em Hasaka, Síria, deixa dois mortos

Dois civis foram mortos e outros dois ficaram feridos em uma agressão da coligação internacional liderada pelos EUA na área de Tal al-Shayer, no interior de Hasaka.


Pars Today

Fontes locais disseram à SANA que aviões de guerra da coalizão liderada pelos EUA invadiram a aldeia de Hasan al-Ali ao sudeste da cidade de al-Shadadi, vitimando a vida de um homem de 90 anos e sua esposa, enquanto seu filho e esposa sofreram ferimentos graves e foram levados para um dos hospitais da cidade.

Ataque da coalizão liderada pelos Estados Unidos em Hasaka deixa dois mortos
Reprodução

As fontes acrescentaram que o ataque causou destruição em massa nas casas e nas terras cultivadas.

Moradores de al-Daho, vilarejos al-Dashisha e algumas aldeias de Tal al-Shayer fugiram de sua área por medo do bombardeio indiscriminado dos aviões da coalizão, de acordo com as fontes.

Na sexta-feira, oito civis foram mortos em um ataque da coalizão liderada pelos EUA contra a aldeia de Dheeb Haddaj, a sudeste da cidade de al-Shaddadi, no interior de Hasaka.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas