Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

BAE Systems e Iveco vencem concorrência de veículo de combate anfíbio do US Marine Corps

O Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA concedeu à BAE Systems um contrato de US$ 198 milhões para entregar os primeiros 30 Veículos de Combate Anfíbio (ACV – Amphibious Combat Vehicles), com opções para um total de 204 veículos que podem valer até US$ 1,2 bilhão.


Forças Terrestres

A BAE Systems, junto com seu parceiro de equipe Iveco Defense Vehicles, prevaleceu na competição robusta do Marine Corps pela próxima geração de veículos para levar os fuzileiros navais de navio a terra para se engajar em operações de combate terrestre.

Amphibious Combat Vehicle 1.1 - ACV 1.1
Amphibious Combat Vehicle 1.1 – ACV 1.1

“Estamos bem posicionados e prontos para construir o futuro dos veículos de combate anfíbio para o Corpo de Fuzileiros Navais, já tendo produzido 16 protótipos”, disse Dean Medland, vice-presidente e gerente geral de Veículos de Combate Anfíbio e Internacional da BAE Systems. “Com este prêmio, estamos orgulhosos de continuar nossa parceria com o Corpo de Fuzileiros Navais, fornecendo um veículo de primeira classe para apoiar sua missão por meio de mobilidade, capacidade de sobrevivência e letalidade”.

O ACV oferece mobilidade excepcional em todos os terrenos e proteção contra mitigação de impacto para os três tripulantes e 13 fuzileiros navais embarcados, além de outras melhorias em relação aos sistemas atualmente em campo. O novo veículo é um avançado veículo 8×8 aberto com capacidade oceânica, equipado com um novo motor de 6 cilindros e 700HP, que proporciona um significativo aumento de potência sobre o veículo anfíbio de assalto, que está atualmente em serviço e está em operação há décadas. O ACV também é adaptável para acomodar o crescimento de futuras tecnologias ou requisitos.

A equipe da BAE Systems realizou seus próprios testes e avaliação extensivos de mitigação de riscos para mobilidade terrestre, capacidade de sobrevivência e navegação que comprovaram o desempenho de seu veículo antes de entregar os primeiros 16 protótipos ao Corpo de Fuzileiros Navais em 2017.

Nos últimos 15 meses, a empresa apoiou os rigorosos Testes de Desenvolvimento e Avaliação Operacional do Corpo de Fuzileiros Navais dos veículos, que tiveram um desempenho excelente em operações de água e terra, carga útil e capacidade de sobrevivência.

O trabalho no programa será realizado nas instalações da empresa em Aiken, Carolina do Sul; Sterling Heights, Michigan; Minneapolis; Stafford; San Jose, Califórnia; e York, Pensilvânia.

A seleção da BAE Systems pelos Fuzileiros Navais para o programa ACV 1.1 solidifica ainda mais o legado de 70 anos da empresa de fornecer recursos superiores de veículos anfíbios para atender os objetivos de transporte do navio ao objetivo e de combate. Como fornecedora líder de veículos de combate, a empresa produziu mais de 100.000 sistemas para clientes em todo o mundo. A Iveco também é um fabricante comprovado de veículos de combate, tendo projetado e construído hoje mais de 30.000 veículos militares multiuso, protegidos e blindados.




FONTE: BAE Systems

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas