Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Caça ucraniano sobrevoa litoral a 10 metros de altitude (VÍDEO)

Neste sábado (3), na área do povoado ucraniano de Kirillovka, um caça da Força Aérea da Ucrânia Su-25 sobrevoou o litoral do mar de Azov a uma altitude extremamente baixa; testemunhas filmaram o voo e publicaram as imagens na web.


Sputnik

O vídeo mostra como o avião sobrevoa a borda da água a uma altitude de cerca de dez metros. Nesse momento, na praia se encontravam várias pessoas descansando.


Caça Su-25 da Força Aérea da Ucrânia
Sukhoi Su-25 da Ucrânia © Foto: Public domain/Dima Sergiyenko

De acordo com a edição Obozrevatel, na área do mar de Azov tiveram lugar manobras de várias unidades da Guarda Costeira ucraniana.

Durante as manobras, os aviões treinaram, em particular, a detenção de embarcações intrusas, ações de equipes de resgate em caso de incêndio em lancha, bem como o resgate de uma lancha que sofrera danos após combate com o "inimigo".

Nesta quarta-feira (30), o serviço de imprensa da Operação das Forças Unidas (OOS, sigla em ucraniano), das Forças Armadas da Ucrânia comunicou a decolagem de aviões militares ucranianos que participam da operação. Os aviões treinaram missões de apoio aéreo a outras unidades.

A OOS é a sigla para as ações militares empreendidas pelo governo ucraniano contra as repúblicas populares de Donetsk e de Lugansk, que proclamaram a sua independência em relação à Ucrânia após o golpe de 2014. Anteriormente, a operação tinha a denominação de ATO (operação antiterrorista).


Postar um comentário

Postagens mais visitadas