Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Poloneses pedem a Trump ajuda para conseguir indenização da Rússia e Alemanha pela 2ª Guerra

Um auto-proclamado "partido bíblico antiglobalista" pró-EUA e pró-Israel da Polônia, que se autodenomina "Movimento 11 de novembro", criou uma petição no site We the People da Casa Branca pedindo ao presidente Donald Trump ajude a obter "compensação adequada" da Rússia e da Alemanha por danos causados ​​na Segunda Guerra Mundial.
Sputnik

"Os poloneses livres estão apelando para os EUA, o vencedor na Segunda Guerra Mundial e o fiador dos acordos do pós-guerra, para obter ajuda na recuperação das reparações de guerra da Alemanha e da Rússia", diz a petição.


Além de alcançar a "justiça histórica", uma campanha de reparações bem-sucedida desempenharia "um papel fundamental na Polônia, tornando-se um forte aliado dos Estados Unidos diante da ameaça que surge na Europa e na Ásia — um novo Império do Mal".

Falando ao The New American, uma pequena revista de propriedade da John Birch Society, o co-autor e vice-presidente do Movimento 11…

Coalizão liderada pela Arábia Saudita teria entrado no principal aeroporto do Iêmen

Os militares iemenitas apoiados pela coalizão liderada pela Arábia Saudita lançaram em 13 de junho uma ofensiva para conquistar o aeroporto de Hodeidah aos houthis depois dos rebeldes xiitas terem fracassado em responder à proposta do governo de se retirar da cidade portuária para resolver o conflito pacificamente.


Sputnik

De acordo com a agência de notícias Reuters citando a assessoria de imprensa da coalizão, as forças da aliança árabe tomaram o controle do aeroporto-chave de Hodeidah.


Soldados estão em um tanque da coalizão liderada pela Arábia Saudita, na periferia da cidade portuária de Aden, no sul do Iêmen.
Tropas da Arábia Saudita no Iêmen © AFP 2018 / Saleh Al-Obeidi

A assessoria de imprensa disse no seu Twitter que, depois de a coalizão liderada pela Arábia Saudita ter entrado no aeroporto, as equipes de desminagem chegaram ao local.

Na quarta-feira (13), as forças iemenitas apoiadas pela coalizão lançaram uma ofensiva para conquistar o aeroporto e a área ao redor aos rebeldes xiitas iemenitas depois de os houthis terem fracassado responder à proposta do governo de se retirar da cidade portuária para resolver o conflito pacificamente.

Em meio aos confrontos, várias organizações internacionais e grupos de direitos humanos, apelaram às partes em conflito iemenitas para reduzir as hostilidades na cidade.

A cidade de Hodeidah é uma das áreas mais densamente povoadas do Iêmen, e o seu porto é vital para o fornecimento de ajuda humanitária a este país do Oriente Médio devastado pelo conflito entre o governo e os rebeldes houthis.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas