Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Crimeia adverte Kiev das consequências de exercícios militares perto de sua fronteira

Exercícios militares perto da fronteira da Crimeia são como uma brincadeira infantil de soldadinhos e as autoridades ucranianas devem saber o momento de parar com isso, advertiu Grigory Ioffe, chefe da Câmara Pública da República da Crimeia.


Sputnik

Anteriormente, a Marinha da Ucrânia realizou treinamentos no território da região de Kherson, perto da fronteira com a península da Crimeia. Segundo a assessoria de imprensa, artilheiros treinaram a eliminação de alvos nas áreas de povoações "temporariamente ocupadas". 

Crimeia vista do ar
Crimeia © Sputnik / Vitaly Belousov

"Para eles é vital atrelar qualquer ação militar à política. E fazem isso de modo tosco e desajeitado. Às vezes, há impressão que altos escalões da Ucrânia simplesmente brincam de soldadinhos. Mas devemos lembrar que não são soldados de brinquedo, são pessoas", afirmou Ioffe.

Ele pediu para avisar a Kiev que, se eles forem longe demais com essa brincadeira, Moscou terá que "recorrer a outras ações e não será apenas uma brincadeira".

Ioffe acrescentou que a Rússia está fazendo de tudo para evitar que as más relações russo-ucranianas se tornem "quentes".

"A Ucrânia está fazendo exatamente o oposto, porque está tentando provocar a situação. Deus me livre que esses planos insanos da liderança ucraniana se tornem realidade", concluiu.

As relações entre Moscou e Kiev se deterioraram drasticamente depois do golpe na Ucrânia em 2014 e o retorno da Crimeia à Rússia.

A Crimeia se tornou território russo através de um referendo em que votaram a favor 96,77% dos eleitores da República e 95,6% dos moradores de Sevastopol.

A Ucrânia ainda considera a península como território ucraniano temporariamente ocupado. De acordo com Vladimir Putin, a questão da Crimeia está "completamente resolvida".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas