Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

Embraer perto de fechar contrato do KC-390 com Portugal

A Embraer está prestes a concluir um acordo com Portugal, confirmando o país como o primeiro cliente de exportação do avião de transporte e de reabastecimento em voo KC-390.


Poder Aéreo

“Estamos discutindo com o governo o contrato final”, disse Paulo Cesar Silva, presidente-executivo da companhia aérea brasileira, em um encontro de imprensa sobre o show aéreo de Farnborough, em 26 de junho, em Lisboa.

Embraer KC-390
Embraer KC-390

Portugal há pouco mais de um ano abriu as negociações para comprar cinco KC-390, com uma opção para um sexto, com entregas iniciadas em 2021.

Quatro nações – além do Brasil – comprometeram-se originalmente com a aeronave militar, que voou pela primeira vez em 2015. No entanto, o progresso com a Argentina, a República Tcheca e o Chile parece ter parado.

Depois dos EUA, a Embraer tem sua maior presença industrial no exterior em Portugal, com várias seções do KC-390 propulsado por motores International Aero Engines V2500 construídas em sua subsidiária Ogma – fabricante de peças de aeronaves e de manutenção militar, reparação e revisão – perto de Lisboa. A Embraer também estabeleceu uma fábrica de aeroestruturas, principalmente para os jatos executivos, em Évora.

“Portugal é um grande parceiro nosso. Estamos felizes com o relacionamento”, diz Silva.

Silva diz que a Embraer está no caminho para entregar a primeira aeronave de produção – a terceira KC-390 a ser construída – para a FAB, até o final do ano. O Brasil se comprometeu a, eventualmente, adquirir uma frota de 28 aeronaves.

A Embraer está exibindo o KC-390 no show aéreo de Farnborough deste ano, bem como no Royal International Air Tattoo em Fairford, que o precede.

FONTE: FlightGlobal

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas