Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Argentina concorda em construir bases norte-americanas em seu território

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, aprovou a construção no país de várias bases militares dos EUA, informou no sábado (21) o portal mexicano Aristegui Noticias com referência a fontes informadas.
Sputnik

De acordo com o portal, trata-se de ao mínimo três bases militares a serem construídas nas províncias de Neuquén (onde fica a jazida de gás de xisto Vaca Muerta), Misiones e Tierra del Fuego, de onde se pode controlar a Antártida.

A sua criação deve ser financiada pelo Comando Sul dos EUA. Um dos principais adeptos da criação de bases seria a ministra da Segurança da Argentina, Patricia Bullrich.

Além disso, nota o portal mexicano, a ministra elogiou a chegada ao país de instrutores americanos que efetuam a preparação dos policiais argentinos antes da cúpula do G20 em novembro. Isso viola as atuais leis argentinas, porque é necessário obter a autorização do Congresso para tais ações, algo que não foi feito.

Embraer perto de fechar contrato do KC-390 com Portugal

A Embraer está prestes a concluir um acordo com Portugal, confirmando o país como o primeiro cliente de exportação do avião de transporte e de reabastecimento em voo KC-390.


Poder Aéreo

“Estamos discutindo com o governo o contrato final”, disse Paulo Cesar Silva, presidente-executivo da companhia aérea brasileira, em um encontro de imprensa sobre o show aéreo de Farnborough, em 26 de junho, em Lisboa.

Embraer KC-390
Embraer KC-390

Portugal há pouco mais de um ano abriu as negociações para comprar cinco KC-390, com uma opção para um sexto, com entregas iniciadas em 2021.

Quatro nações – além do Brasil – comprometeram-se originalmente com a aeronave militar, que voou pela primeira vez em 2015. No entanto, o progresso com a Argentina, a República Tcheca e o Chile parece ter parado.

Depois dos EUA, a Embraer tem sua maior presença industrial no exterior em Portugal, com várias seções do KC-390 propulsado por motores International Aero Engines V2500 construídas em sua subsidiária Ogma – fabricante de peças de aeronaves e de manutenção militar, reparação e revisão – perto de Lisboa. A Embraer também estabeleceu uma fábrica de aeroestruturas, principalmente para os jatos executivos, em Évora.

“Portugal é um grande parceiro nosso. Estamos felizes com o relacionamento”, diz Silva.

Silva diz que a Embraer está no caminho para entregar a primeira aeronave de produção – a terceira KC-390 a ser construída – para a FAB, até o final do ano. O Brasil se comprometeu a, eventualmente, adquirir uma frota de 28 aeronaves.

A Embraer está exibindo o KC-390 no show aéreo de Farnborough deste ano, bem como no Royal International Air Tattoo em Fairford, que o precede.

FONTE: FlightGlobal

Postar um comentário

Postagens mais visitadas