Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

'Exterminador' de 3ª geração: reveladas capacidades do novo blindado russo

A Rússia anunciou o desenvolvimento da terceira geração do veículo de apoio a tanques Terminator (Exterminador). Representante da corporação estatal russa Rostec revelou as capacidades do novo veículo.


Sputnik

A fábrica russa de blindados Uralvagonzavod já começou a desenvolver o novo Terminator. Em particular, as características técnico-táticas serão melhoradas e o chassi modernizado.

Blindado antitanque Terminator-3
Terminator 3 © Sputnik / Mikhail Voskresensky

"O novo veículo poderá atingir todos os tipos de alvos: aéreos, terrestres, efetivos e equipamento inimigos", afirmou o diretor industrial do cluster Vooruzhenie (Armamento) da Rostec, Sergei Abramov.

Segundo ele, a versão atual, que começou a ser incorporada nas Forças Armadas, "é muito boa", mas, no futuro, também pode ser aperfeiçoada. Por exemplo, o veículo já em disposição dos militares tem uma tripulação de cinco homens, mas esta pode ser reduzida para três, detalhou Abramov, por meio de aumento da robotização do próprio veículo e seus armamentos.

Além disso, uma fonte no setor de defesa russo desvendou que o veículo de terceira geração receberá um projétil guiado que poderá combater drones.

"Um tal projétil pode mudar de trajetória em determinados limites, o que ajudará a combater alvos aéreos, incluindo drones. Isso aumentará significativamente a eficiência do veículo", sublinhou o interlocutor da Sputnik.

Também de acordo com a fonte, o novo Terminator será equipado com um canhão de 50 mm, em vez dos de 30 mm desenvolvidos ainda na URSS que equipam os veículos comprados atualmente pelo Ministério da Defesa.

Ainda é cedo para falar do nome do veículo de apoio a tanques de nova geração, acrescenta Abramov, mas, dependendo da decisão do Ministério da Defesa, este pode ser batizado Terminator-3.

A Uralvagonzavod criou a primeira versão do Terminator ainda em 2001. Em 2006, foi lançado o Terminator-2, mas apenas em 2011 o Ministério da Defesa russo e a empresa firmaram o acordo para seu fornecimento no exército. O primeiro país a comprar "Exterminador" russo foi o Cazaquistão m 2011.

O Exército russo deverá receber todos os veículos até início de 2019.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas