Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Forças de oposição se juntam ao exército sírio para combater terroristas

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, os rebeldes das unidades do Exército Livre da Síria (FSA, na sigla em inglês), se juntaram às forças governamentais em 11 povoados no sul do país para combater os militantes do Daesh e Frente al-Nusra (organizações terroristas proibidas na Rússia).


Sputnik

O ministério revelou que, nas últimas 24 horas, dez áreas no sul da Síria passaram voluntariamente para o controle do governo sírio.

Militantes rebeldes da oposição síria
Terroristas sírios © REUTERS / Ammar Abdullah

A declaração veio um dia depois de o exército sírio e das unidades do FSA terem repelido em conjunto um ataque de mais de mil terroristas da Frente al-Nusra na zona de desescalada no sul da Síria.

Nota-se que até ao início da noite de sábado (23), 11 povoados da zona de desescalada do sul, que estavam sob o controle do FSA, passaram totalmente a ser controlados por Damasco.

O comunicado do Ministério da Defesa russo adiciona que o Centro Russo de Reconciliação organizou o fornecimento de ajuda humanitária e de produtos de primeira necessidade aos civis das áreas libertadas no sul da Síria.

Atualmente, o exército sírio está levando a cabo uma operação antiterrorista na zona de desescalada no sul do país, em particular nas províncias de Daraa e Quneitra.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas