Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Grande grupo do opositor Exército Livre da Síria passa para o lado de Assad

Um primeiro grande agrupamento de combatentes do Exército Livre da Síria – grupo armado ilegal e um dos principais grupos da oposição – passou para o lado do governo na zona de desescalada do Sul, informou o Centro Russo para a Reconciliação na Síria.


Sputnik

Após negociações, o líder dos combatentes afirmou que as povoações de Deir Dama, Ashiyah e parte da cidade de Jaddal passam voluntariamente para o controlo do governo.

Soldados da oposição do Exército Livre da Síria apoiados pela Turquia em um caminhão na fronteira com a Síria
Tropas do Exército Livre da Síria apoiados pela Turquia © AP Photo/ Lefteris Pitarakis

Ele também sublinhou que o agrupamento vai combater, juntamente com o exército sírio, o Daesh e a Frente al-Nusra (organizações terroristas proibida na Rússia).

Segundo informaram no centro russo, as primeiras unidades das forças governamentais sírias entraram nas povoações de Deir Dama e Ashiyah já ao fim da tarde de sexta-feira (22).

O que impede um acordo de paz

Comentando a situação atual no país árabe, o analista Vladimir Kozin sublinhou que as organizações terroristas fazem com que a oposição moderada do país combata entre si, impedindo assim o alcance da paz com as tropas governamentais.

No país há quatro grupos armados ilegais que estão em disputa contínua pela alteração das zonas de influência na zona de desescalada, explica o analista, destacando que os grupos Daesh e Frente al-Nusra, não tendo capacidade negocial, controlam, segundo Kozin, entre 40 e 50% da zona.

O analista opinou que outro grupo, Ahrar al-Sham, que controla cerca de 10% da zona de desescalada, poderá sob certas condições se juntar às tropas governamentais.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas