Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

Irã apoia cessar-fogo no Afeganistão

Bahram Qassemi, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, afirmou no sábado. que a República Islâmica do Irã apoia a trégua entre o governo do Afeganistão e os Talibãs.


Pars Today
"A República Islâmica do Irã apoia a decisão do governo afegão de estabelecer um cessar-fogo com os Talibãs”, disse Bahram Qassemi, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã.

Irã apoia cessar-fogo no Afeganistão
Bahram Qassemi, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã | Reprodução

O diplomata iraniano fez as declarações depois que o presidente do Afeganistão, Ghani, ofereceu um cessar-fogo temporário com os Talibãs por ocasião da festa islâmica de Fitr, o feriado que marca o fim do mês sagrado do Ramadã. Os Talibãs seguiu a liderança do governo do Afeganistão e anunciou um cessar-fogo de três dias até o Eid AL-Fitr.

De acordo com Qassemi, a República Islâmica do Irã considera o movimento como um passo positivo em direção a acordos maiores que trariam paz e estabilidade permanentes para o Afeganistão.

Ele também expressou a disposição do Irã em ajudar e contribuir com qualquer medida liderada pelo governo afegão com o objetivo de promover a paz no país vizinho do Afeganistão.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas