Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Irã rejeita supostos relatos de negociação com Israel

Secretario de Supremo Conselho de segurança Nacional do Irã rejeitou veementemente os supostos relatos da mídia que alegavam que a República Islâmica havia negociado com o regime sionista de Israel.


Pars Today

Esses tipos de rumores infundados são tentativas fracassadas de legitimar o regime sionista e enfraquecer o desejo da corrente de resistência contra Israel, afirmou Ali Shamkhani.

Irã rejeita supostos relatos de negociação com Israel
Ali Shamkhani | Reprodução

A autoridade iraniana disse que o suposto relato da mídia é uma reação à derrota dos terroristas Takfiri na região.

Ele disse que não se pode impedir o regime sionista agressivo e expansionista por meio de concessões.

“Um muçulmano devoto não entra em negociações com os sionistas”, observou Shamkhani.

Mais cedo, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Bahram Qassemi, descartou qualquer negociação indireta com o regime sionista de Israel na Jordânia.

Não houve negociações indiretas entre o Irã e o regime sionista na Jordânia, disse ele, ressaltando que tais notícias fabricadas são totalmente infundadas.

No meio da traição de alguns países árabes à causa palestina e pisoteada os direitos legítimos da Resistência, a fabricação de notícias sem fundamento atribuídas aos círculos árabe-hebraicos é desviar a opinião pública mundial dos recentes crimes e atrocidades do regime sionista.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas