Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Expansão da OTAN na Europa é uma 'relíquia da Guerra Fria', diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse em entrevista à imprensa sérvia publicada nesta quarta-feira (horário local) que a Rússia não quer uma nova corrida armamentista.
Sputnik

"Não vamos fechar os olhos ao desdobramento de mísseis de cruzeiro dos EUA [na Europa] e sua ameaça direta à nossa segurança. Teremos que tomar medidas eficazes de retaliação. Mas como país responsável e sensato, a Rússia não está interessada em uma nova corrida armamentista", afirmou.


Segundo o presidente russo, Moscou enviou em dezembro a Washington algumas propostas sobre a manutenção do Tratado INF. Além disso, Putin destacou que a Rússia está pronta para um diálogo sério com os Estados Unidos sobre toda a agenda estratégica.

No entanto, os Estados Unidos parecem ter uma política de "desmantelamento" em relação ao controle global de armas, acrescentou o presidente russo.

Durante a entrevista aos meios de comunicação sérvios, Putin também instou os parceiros ocidentais a estabelecer um …

Israel mata 4 palestinos em nova ação na fronteira com Gaza

Pelo menos quatro pessoas foram mortas e 620 feridas nesta sexta-feira (8) na ação das forças de Israel contra um novo protesto na fronteira do país com a faixa de Gaza, que desde março tem recebido manifestações de palestinos contra o Estado judaico.


Pars Today

Segundo as autoridades de Gaza, 120 vítimas foram atingidas por munição letal disparada pelos israelenses, incluindo um adolescente de 15 anos que morreu e um fotógrafo da AFP que, diz a agência de notícias, usava colete e capacete identificando-o como membro da imprensa.

Israel mata 4 palestinos em nova ação na fronteira com Gaza

A manifestação desta sexta coincidiu com o Dia de Jerusalém, data criada pelo Irã depois da Revolução Islâmica para lembrar a reivindicação histórica dos palestinos para ter a cidade como sua capital.

O protesto começou após a oração do meio-dia de sexta-feira, dia sagrado para os muçulmanos, como habitualmente ocorre nos últimos três meses. Cerca de 10 mil pessoas se dirigiram à fronteira, onde grupos atearam fogo em pneus, atiraram pedras e voaram pipas incendiárias contra as forças israelenses.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas