Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

Israel teria lançado míssil Patriot contra Síria

As Forças de Defesa de Israel lançaram um míssil Patriot em direção ao espaço aéreo da Síria, informou no domingo (24) o diário Haaretz.


Sputnik

As Forças de Defesa israelenses (IDF) disseram ter disparado um míssil Patriot em direção ao espaço aéreo sírio, para deter um drone que se aproximava vindo da Síria. Entretanto, o exército não especificou o tipo do drone.


Bateria de mísseis terra-ar Patriot no norte de Israel
Bateria de mísseis Patriot no norte de Israel © AFP 2018 / JACK GUEZ

"O míssil Patriot foi lançado contra um veículo aéreo não tripulado que se aproximava vindo da Síria. Como resultado, o drone se desviou da fronteira sem ter sido atingido", diz-se no comunicado de imprensa das Forças de Defesa de Israel.

"Não vamos permitir a violação da nossa soberania aérea", declararam as IDF, comentando o ataque.

De acordo com a mídia, as razões do ataque por enquanto são desconhecidas.

O Haaretz relata que, antes do lançamento, os habitantes da Alta Galileia no norte de Israel relataram uma explosão e uma trilha de fumaça, que teriam visto no céu.

No entanto, não foi possível confirmar imediatamente a autenticidade do vídeo que mostra essa fumaça.

A parte síria ainda não comentou o incidente. Durante o fim de semana, as forças governamentais sírias e as tropas dos aliados intensificaram a operação militar nas áreas controladas pelos militantes perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas