Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Israel teria lançado míssil Patriot contra Síria

As Forças de Defesa de Israel lançaram um míssil Patriot em direção ao espaço aéreo da Síria, informou no domingo (24) o diário Haaretz.


Sputnik

As Forças de Defesa israelenses (IDF) disseram ter disparado um míssil Patriot em direção ao espaço aéreo sírio, para deter um drone que se aproximava vindo da Síria. Entretanto, o exército não especificou o tipo do drone.


Bateria de mísseis terra-ar Patriot no norte de Israel
Bateria de mísseis Patriot no norte de Israel © AFP 2018 / JACK GUEZ

"O míssil Patriot foi lançado contra um veículo aéreo não tripulado que se aproximava vindo da Síria. Como resultado, o drone se desviou da fronteira sem ter sido atingido", diz-se no comunicado de imprensa das Forças de Defesa de Israel.

"Não vamos permitir a violação da nossa soberania aérea", declararam as IDF, comentando o ataque.

De acordo com a mídia, as razões do ataque por enquanto são desconhecidas.

O Haaretz relata que, antes do lançamento, os habitantes da Alta Galileia no norte de Israel relataram uma explosão e uma trilha de fumaça, que teriam visto no céu.

No entanto, não foi possível confirmar imediatamente a autenticidade do vídeo que mostra essa fumaça.

A parte síria ainda não comentou o incidente. Durante o fim de semana, as forças governamentais sírias e as tropas dos aliados intensificaram a operação militar nas áreas controladas pelos militantes perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas