Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil abre processo administrativo para apurar vídeo de militares dançando 'Jenifer' em navio

Em nota, a Marinha informou que e 'foi constatado comportamento completamente incompatível com as tradições' e que irá apurar o ocorrido.
Por G1 Rio

A Marinha do Brasil instaurou um processo administrativo para apurar um vídeo em que um grupo de militares aparece dançando a música "Jenifer" em um navio oficial.


A embarcação, segundo a Marinha, é o Aviso de Instrução Guarda-Marinha Brito, que fica sediado no Rio de Janeiro. A gravação foi feita durante o estágio de mar de militares.

Em nota, a Marinha informou que "foi constatado comportamento completamente incompatível com as tradições da Marinha" e que, para ampliar a apuração do ocorrido, foi instaurado um procedimento administrativo "cuja conclusão, certamente, conterá as propostas pertinentes às necessárias correções no inaceitável comportamento".

Assista o vídeo

Marinha russa revela quantos navios seus patrulham diariamente os oceanos

O comandante-chefe da Marinha da Rússia, Vladimir Korolev revelou em entrevista ao jornal militar russo Krasnaya Zvezda quantos navios russos patrulham atualmente os oceanos.


Sputnik

Como afirmou o comandante, entre 70 e 100 navios da Marinha russa estão presentes de forma regular em várias áreas dos oceanos.

Navio de desembarque grande Ivan Gren
Navio de desembarque russo Ivan Gren © Sputnik / Igor Zarembo

"A frota funciona verdadeiramente quando seus navios e submarinos desempenham suas funções no mar e não permanecem atracados", comentou Korolev ao jornal, sublinhando que os navios atuam dentro de várias unidades e grupos navais.

Segundo o militar, a Marinha russa está sendo constantemente modernizada. Em particular, em agosto e setembro deste ano, a Frota do Mar Negro receberá a nova fragata Admiral Makarov.

Além disso, Korolev relatou que em abril foi lançado ao mar o navio caça-minas Ivan Antonov, bem como o navio de mísseis ligeiro Shkval do projeto 22800 (Rajada, em russo), de uma série de seis unidades que serão incorporadas na Frota do Báltico.

"No futuro próximo, a Marinha será ampliada com navios de uma classe completamente nova — os navios de patrulha do tipo 22160 Vasily Bykov. Especialmente para a Frota do Mar Negro estão sendo construídos navios ligeiros de mísseis do projeto 21631, equipados com armas de alta precisão", disse o comandante chefe.

Para além disso, até fim deste mês a Marinha russa receberá o navio pesado de desembarque do projeto 11711, Ivan Gren, lembrou Korolev.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas