Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Militares do Exército Brasileiro se qualificam no emprego de Estação de Armas Remotamente Controlada

Nos dias 12 e 13 de junho, por ocasião do Estágio de Qualificação Operacional de Comandante de Carro e do Treinamento Específico de Motorista da Viatura Blindada de Transporte de Pessoal Média de Rodas Guarani (VBTP-MR 6×6, Guarani), o 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado (17º RC Mec) qualificou 46 integrantes de diversas organizações militares de Cavalaria do Comando Militar do Oeste para o tiro diurno e noturno do Reparo de Metralhadora Automatizado X (REMAX-CTEX) das viaturas.


Forças Terrestres

Amambai (MS) – As instruções foram ministradas por técnicos da empresa ARES e instrutores da Seção de Instrução de Blindados do Regimento.


O REMAX é uma estação de armas remotamente controlada com giro-estabilizado para metralhadoras “ponto 50” (12.7 mm) e 7,62 mm que foi desenvolvida a partir dos requisitos do Exército Brasileiro, por meio de uma parceria da ARES com o Centro Tecnológico do Exército, com tecnologia nacional.

Na ocasião, os instruendos realizaram tiros da metralhadora MAG calibre 7,62 mm e “ponto 50”, capacitando-os a operar o material que faz parte do Programa Estratégico Guarani, aumentando, assim, a capacidade operacional dos recursos humanos no contexto do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON), no combate aos crimes transfronteiriços, nas ações de garantia da lei e da ordem e de defesa externa.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Postar um comentário

Postagens mais visitadas