Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

'Queremos que a Venezuela volte à democracia', diz Bolsonaro a TV dos EUA

Em entrevista à Fox News, o presidente também defendeu o muro para separar EUA do México. Nesta terça, ele vai se encontrar com Donald Trump.
Por G1

O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista à TV norte-americana na madrugada desta terça-feira (19) que a Venezuela estará no centro das discussões durante o encontro com o presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca, nesta tarde.

Ao canal Fox News, Bolsonaro reafirmou que o presidente norte-americano mantém "todas as opções na mesa"em relação à Venezuela. "Nós não podemos falar em todas as possibilidades, mas o que for possível de forma diplomática", disse Bolsonaro, segundo tradutor da emissora.

A entrevista foi ao ar com tradução simultânea, e em alguns trechos não foi possível ouvir o que o presidente respondeu. Bolsonaro disse que o Brasil é o país mais interessado em pôr fim ao governo de Nicolás Maduro.

O presidente afirmou que o governo brasileiro está alinhado ao de Trump. "Hoje temos nova ideologia,…

'Navio espião' russo no Canal da Mancha provoca alvoroço na Marinha britânica (VIDEO)

A passagem do navio russo de pesquisa oceanográfica Yantar pelo Canal da Mancha provocou uma forte reação da Marinha Real Britânica.


Sputnik

O Reino Unido enviou o destróier HMS Diamond e o helicóptero Wildcat para acompanhar a passagem do que foi rotulado como um "navio espião da Marinha russa" através do canal, segundo o comunicado divulgado em 1º de junho.


O Reino Unido enviou o destróier HMS Diamond e um helicóptero Wildcat para acompanhar a passagem do navio de pesquisa oceanográfica russo Yantar pelo Canal da Mancha | Royal Navy

A Marinha britânica afirmou que o navio russo "se aproximou da área de interesses do Reino Unido", sem mencionar qualquer atividade suspeita por parte da embarcação, e que seu destróier "continuará monitorando os movimentos e atividades do navio à medida que ele se move em direção ao norte".

A mídia britânica não demorou a ecoar, qualificando a embarcação russa como "navio espião".

No entanto, o Yantar é na verdade um navio de pesquisa oceanográfica que, embora pertença à Frota do Norte da Rússia, foi projetado para realizar investigações em águas profundas.

Segundo detalhou o comandante da Frota do Norte, almirante Nikolai Evmenov, ao longo de 11 meses, a embarcação estava levando a cabo investigações em diferentes partes dos oceanos, incluindo o Atlântico Sul, onde participou da busca do submarino argentino ARA San Juan.

De acordo com o oficial, a tripulação do navio, que já tinha efetuado um grande volume de trabalho no que se refere à exploração geológica e geofísica dos oceanos, realizou um estudo do fundo do mar daquela zona.

A passagem de navios militares russos pelo Canal da Mancha atrai sempre a atenção das autoridades britânicas. Em janeiro, Londres enviou a sua fragata HMS Westminster para escoltar quatro navios de guerra russos que passaram pela área, o que constituiu apenas um incidente de entre muitos outros do mesmo tipo.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas