Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Donetsk declara estar em prontidão de combate para se defender de suposta ofensiva de Kiev

Os destacamentos da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) estão em prontidão de combate total e completamente equipados com todo o necessário para o caso de haver uma possível ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia em Donbass, declarou aos jornalistas o vice-comandante da Milícia Popular da RPD, Eduard Basurin.
Sputnik

Anteriormente, Donetsk denunciou a preparação de um grande ataque por parte de Kiev no sul da região de Donetsk com uso de veículos blindados pesados, artilharia e lançadores múltiplos de foguetes.


Segundo dados da inteligência, a ofensiva foi programada para 14 de dezembro com o objetivo final de tomar sob controle a fronteira com a Rússia. O líder da RPD, Denis Pushilin, declarou por sua vez que as forças de Donetsk estavam prontas para repelir o ataque.

"Todas as unidades militares foram colocadas em prontidão de combate total. Desde o momento em que recebemos informação sobre a preparação de uma ofensiva em grande escala do lado ucraniano, os nossos des…

Noruega tenciona aumentar presença militar dos EUA no seu território

As autoridades da Noruega tencionam prolongar o programa de cooperação militar com os EUA e dobrar o número de fuzileiros navais estadunidenses que se encontram no país nórdico, deslocando-os para perto da fronteira com a Rússia.


Sputnik

O Ministério da Defesa norueguês anunciou que pretende prolongar o programa de cooperação militar com os Estados Unidos por mais cinco anos. No início de 2017, no âmbito deste programa, 330 fuzileiros navais da Marinha norte-americana foram deslocados para o oeste do país.

Fuzileiros navais dos EUA na Noruega participam dos exercícios Cold Response
Fuzileiros navais dos EUA na Noruega | CC0 / Departamento de Defesa dos EUA

"Para intensificar diálogo com a parte estadunidense, planejamos acolher até 700 militares, que ficarão deslocados em Vernes, na província de Trondelag e em Setermoen, na província de Troms", diz o comunicado do ministério.

De acordo com o governo norueguês, os territórios do Norte são uma base excelente para realizar treinamentos conjuntos.

Entretanto, vale destacar que a província de Troms se localiza nas proximidades da fronteira com a Rússia.

"A defesa da Noruega depende do apoio de nossos parceiros da OTAN, como se verifica na maioria dos países da Aliança", declarou o ministro da Defesa do reino, Frank Bakke-Jensen.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas