Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Pentágono anuncia suspensão das manobras conjuntas dos EUA e Coreia do Sul

A decisão foi tomada depois da declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, que disse ser inadequado realizar "jogos de guerra" na região para que se possa negociar um acordo com Pyongyang.


Sputnik

Durante a coletiva de imprensa depois da cúpula entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Singapura em 12 de junho, Trump disse que é inadequado realizar "jogos de guerra" na região para negociar um acordo com Pyongyang.

Lançamento do sistema de míssil Hyunmoo II durante manobras conjuntas da Coreia do Sul e dos EUA em local desconhecido, julho de 2017
Lançamento de mísseis sul-coreanos Hyummoo II © AP Photo / Ministério da Defesa da Coreia do Sul

"Os grandes exercícios militares foram suspensos indefinidamente na península da Coreia", disse um alto funcionário do governo dos EUA à agencia de notícias AFP.

Anteriormente, o presidente sul-coreano Moon Jae-in declarou que a mudança na pressão militar contra a Coreia do Norte seria possível se Pyongyang "fizesse passos sinceros para a deznuclearização".

Nesta terça-feira (12), o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, assinaram uma declaração conjunta após o encontro histórico na ilha de Sentosa em Singapura.

Depois da cúpula, o presidente dos EUA declarou que os exercícios militares na região eram "provocatórios" e poderiam ser suspensos.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas