Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

Pentágono suspende indefinidamente exercícios de treinamento com Coreia do Sul

Porta-voz do Pentágono diz que medida 'apoia' resultados do encontro de Donald Trump com Kim Jong-un em Singapura.


Reuters

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul concordaram em suspender indefinidamente dois exercícios de treinamento de intercâmbio, disse o Pentágono nesta sexta-feira (22), após a cúpula realizada mais cedo neste mês entre o presidente Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong Un.

Soldado sul-coreano durante exercício militar (Foto: AFP)
Soldado sul-coreano durante exercício militar (Foto: AFP)

"Para apoiar a implementação dos resultados da cúpula de Singapura, e em coordenação com nosso aliado República da Coreia, o secretário Mattis indefinidamente suspendeu exercícios selecionados", disse a porta-voz do Pentágono Dana W. White nesta sexta-feira.

"Isso inclui suspender o Freedom Guardian, junto de outros dois outros exercícios de treinamento de intercâmbio da Marinha coreana marcados para acontecer nos próximos três meses", disse White.

A decisão confirma a informação de uma autoridade dos EUA de que a suspensão do planejamento para os exercícios Freedom Guardian ocorreria nos dias seguintes.

No ano passado, 17,5 mil norte-americanos e mais de 50 mil tropas sul-coreanas participaram dos treinamentos Ulchi Freedom Guardian, embora o exercício seja principalmente focado em simulações computadorizadas em vez de exercícios em campo que utilizam armas, tanques ou aeronaves.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas