Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Pentágono suspende indefinidamente exercícios de treinamento com Coreia do Sul

Porta-voz do Pentágono diz que medida 'apoia' resultados do encontro de Donald Trump com Kim Jong-un em Singapura.


Reuters

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul concordaram em suspender indefinidamente dois exercícios de treinamento de intercâmbio, disse o Pentágono nesta sexta-feira (22), após a cúpula realizada mais cedo neste mês entre o presidente Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong Un.

Soldado sul-coreano durante exercício militar (Foto: AFP)
Soldado sul-coreano durante exercício militar (Foto: AFP)

"Para apoiar a implementação dos resultados da cúpula de Singapura, e em coordenação com nosso aliado República da Coreia, o secretário Mattis indefinidamente suspendeu exercícios selecionados", disse a porta-voz do Pentágono Dana W. White nesta sexta-feira.

"Isso inclui suspender o Freedom Guardian, junto de outros dois outros exercícios de treinamento de intercâmbio da Marinha coreana marcados para acontecer nos próximos três meses", disse White.

A decisão confirma a informação de uma autoridade dos EUA de que a suspensão do planejamento para os exercícios Freedom Guardian ocorreria nos dias seguintes.

No ano passado, 17,5 mil norte-americanos e mais de 50 mil tropas sul-coreanas participaram dos treinamentos Ulchi Freedom Guardian, embora o exercício seja principalmente focado em simulações computadorizadas em vez de exercícios em campo que utilizam armas, tanques ou aeronaves.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas