Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Pentágono suspende programa de intercâmbio militar com Coreia do Sul

Os militares norte-americanos "suspenderão indefinidamente" dois programas de intercâmbio naval com os militares sul-coreanos, programados anteriormente e que contemplavam exercícios conjuntos. A mudança parece ser mais uma indicação do progresso no diálogo entre as duas Coreias e os EUA.


Sputnik

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu encerrar "jogos de guerra" ao se reunir com o líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

Militares do batalhão de guerra química do exército dos EUA numa base militar na Coreia do Sul
Militares dos EUA na Coreia do Sul © AP Photo / Ahn Young-joon

O Pentágono anunciou anteriormente o cancelamento dos exercícios militares Ulchi Freedom Guardian de 2018. O Departamento de Defesa dos EUA deu um passo além ao anunciar que esses exercícios também seriam suspensos nos próximos anos até novo aviso, de acordo com um comunicado divulgado na sexta-feira à noite.

Segundo o órgão, essas decisões foram tomadas para "apoiar a implementação dos resultados da Cúpula de Singapura" entre Trump e Kim Jong-un, ocorrida em 12 de junho.

O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, o secretário de Estado, Mike Pompeo, e o general Joe Dunford, presidente do Comando Conjunto dos EUA, se reuniram com o conselheiro de segurança nacional John Bolton na sexta-feira para discutir os "esforços para implementar os resultados da Cúpula de Singapura entre o presidente Trump e o presidente Kim", disse a porta-voz do Pentágono, Dana White.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas