Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por meio do Egito, Hamas pede a Israel que cesse fogo na Faixa de Gaza

O movimento Hamas pediu a Israel que cesse fogo por meio da mediação egípcia e prometeu interromper os confrontos na fronteira como parte do acordo, disse uma fonte política israelense à Sputnik.
Sputnik

"O Hamas teve um grande golpe ontem e o movimento pediu um cessar-fogo através do Egito, prometendo interromper o 'terror incendiário e nas cercas fronteiriças'", disse a fonte.

Segundo a mesma pessoa, Israel considera o Egito como fiador da implementação do cessar-fogo.

"Os egípcios são os garantidores nesta questão, mas em qualquer caso, o desenvolvimento da situação dependerá de ações reais. Se o Hamas violar o cessar-fogo, pagará um preço ainda maior", acrescentou a fonte.

Esses arranjos foram alcançados após bombardeios maciços das instalações do Hamas no enclave, que se seguiram ao assassinato de um soldado israelense na sexta-feira.

Este foi o segundo cessar-fogo entre Israel e o Hamas, coordenado pelo Egito nas últimas duas semanas. No último sábado, a Fo…

Pentágono suspende programa de intercâmbio militar com Coreia do Sul

Os militares norte-americanos "suspenderão indefinidamente" dois programas de intercâmbio naval com os militares sul-coreanos, programados anteriormente e que contemplavam exercícios conjuntos. A mudança parece ser mais uma indicação do progresso no diálogo entre as duas Coreias e os EUA.


Sputnik

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu encerrar "jogos de guerra" ao se reunir com o líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

Militares do batalhão de guerra química do exército dos EUA numa base militar na Coreia do Sul
Militares dos EUA na Coreia do Sul © AP Photo / Ahn Young-joon

O Pentágono anunciou anteriormente o cancelamento dos exercícios militares Ulchi Freedom Guardian de 2018. O Departamento de Defesa dos EUA deu um passo além ao anunciar que esses exercícios também seriam suspensos nos próximos anos até novo aviso, de acordo com um comunicado divulgado na sexta-feira à noite.

Segundo o órgão, essas decisões foram tomadas para "apoiar a implementação dos resultados da Cúpula de Singapura" entre Trump e Kim Jong-un, ocorrida em 12 de junho.

O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, o secretário de Estado, Mike Pompeo, e o general Joe Dunford, presidente do Comando Conjunto dos EUA, se reuniram com o conselheiro de segurança nacional John Bolton na sexta-feira para discutir os "esforços para implementar os resultados da Cúpula de Singapura entre o presidente Trump e o presidente Kim", disse a porta-voz do Pentágono, Dana White.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas