Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Que jogo faz a Ucrânia ao deslocar tropas para perto da fronteira russa?

O deslocamento de uma unidade de aviação ucraniana para o mar de Azov é motivo de preocupação, disse à Sputnik o representante da Crimeia na Duma de Estado (parlamento da Rússia), Ruslan Balbek.


Sputnik

Segundo o deputado, devido a essa medida de Kiev, Moscou é forçada a usar recursos "adicionais" para defender a península da Crimeia.

Soldados do exército da Ucrânia em tanques na cidade de Mariupol
Tropas ucranianas em Mariupol © AP Photo / Sergei Grits

"A criação pela Ucrânia de um grupo aeronaval perto da fronteira russa durante a Copa do Mundo é uma maneira de fazer o jogo do público ocidental, na esperança de aumentar as tensões com a Rússia", disse ele.

Ao mesmo tempo, ele ressaltou que nem a Copa do Mundo nem a "histeria" dos grupos de poder farão com que a Rússia "se renda e participe de duvidosas negociações de paz" com Kiev. Ele também disse que qualquer ataque contra alvos russos no mar Negro — seja um navio ou as margens da península da Crimeia — será considerado uma ofensiva militar em larga escala.

"E isso vai levar a medidas simétricas por parte de Moscou", acrescentou.

No entanto, o deputado expressou esperança de que os ucranianos mostrem maior interesse pela Copa do Mundo — embora a seleção do país eslavo não participe do campeonato — do que em "lançar farpas" contra a Crimeia.

No início de junho, as Forças Armadas da Ucrânia deslocaram uma unidade de defesa antiaérea S-300 para a zona sul da linha de contato em Donbas, perto da cidade costeira de Mariupol.

"Nossa inteligência tem informações de que uma divisão dos sistemas de mísseis S-300 foi transferida para a região urbana de Nikolskoe", disse à mídia o vice-chefe do comando operacional da autoproclamada República Popular de Donetsk, Eduard Basurin.

Além disso, em 4 de junho, a Marinha ucraniana informou que, até 1 de setembro, fecharia três áreas localizadas no mar de Azov, perto da costa de Mariupol.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas