Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que 'certamente' entraria em guerra com o Irã, mas 'não agora'

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que consideraria uma ação militar contra o Irã para impedir que a República Islâmica consiga armas nucleares. A briga entre Teerã e Washington aumentou depois que os EUA acusaram o Irã de atacar dois petroleiros.
Sputnik

"Eu certamente vou considerar as armas nucleares", disse Trump à revista Time na terça-feira, quando perguntado sobre o que poderia levá-lo a declarar guerra ao Irã. "E eu manteria o outro um ponto de interrogação".

A reportagem não especificou se o presidente elaborou o cenário de lançar um conflito armado de pleno direito com a República Islâmica sobre seu programa nuclear. Quando um repórter perguntou a Trump se ele estava considerando uma ação militar contra o Irã agora, ele respondeu: "Eu não diria isso. Eu não posso dizer isso".

Seus comentários foram feitos um dia depois de o Pentágono ter enviado 1.000 soldados extras para o Oriente Médio "para fins defensivos".

Os Estados Unidos cu…

Soldados de Israel recebem sistema de identificação 'amigo-inimigo'

A empresa israelense Thermal Beacon desenvolveu identificadores de infravermelho MS OMR II c e MK-IV, dispositivos para operações terrestres com um alcance de até 18 quilômetros, informa o site iHLS.


Sputnik

O primeiro sistema é montado nos capacetes dos soldados, de maneira a distingui-los das forças inimigas, enquanto o segundo é instalado em edifícios, veículos e outros objetos.

Soldado israelense atravessando fumaça (foto de arquivo)
Militar israelense © REUTERS / Amir Cohen

Projetados para serem usados ao ar livre e de acordo com os requisitos e padrões militares, eles incluem um sistema ótico de identificação "amigo-inimigo" (IFF, na sigla em inglês) e outro de observação térmica, que funciona no espectro térmico e não emite radiação no campo visível ou no campo infravermelho próximo.

O diretor de departamento de marketing da Thermal Beacon, Daniel Daeshevitz, garante que os sistemas "não dificultam as atividades dos soldados", e explica que "eles foram testados em combate", confirmando que já foram utilizados por "várias forças da OTAN".

O fato de o MS OMR II c poder ser detectado até de uma aeronave aumenta a proteção em condições de combate, ajuda a evitar erros de identificação e fornece um meio de defesa adicional que "salva vidas em batalha".

Em qualquer caso, esse equipamento pode ser usado em outras áreas para além das militares, por exemplo, em operações de busca e resgate em montanhas ou outros serviços de emergência.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas