Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.
Sputnik

"O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da f…

Submarinos de Israel serão armados com novos torpedos pesados

A Marinha de Guerra israelense vai adquirir torpedos pesados de novo tipo – de altíssima velocidade e maior alcance.


Sputnik

As Forças de Defesa de Israel decidiram adquirir novos torpedos pesados Kaved para armar sua frota de submarinos de ataque, de acordo com o portal militar norte-americano Jane's.

Submarino israelense da classe Dolphin I
Submarino israelense da Classe Dolphin I © AP Photo / Amir Cohen

O serviço de imprensa das Forças de Defesa de Israel explicou que a decisão de equipar os submarinos de guerra com novos torpedos foi tomada após vários meses de testes, que incluíram simulação de combates.

Os testes finais aconteceram na noite de 18 para 19 de junho a bordo de um submarino da 7ª flotilha, acrescentou uma fonte do portal na frota israelense. Em particular, é relatado que os novos torpedos têm maior precisão e alcance, além de outros recursos.

Ademais, uma fonte anônima do portal indicou que o Kaved é fabricado por uma empresa de defesa não israelense que não foi indicada, mas especificou que modernizações futuras e manutenção serão realizadas pela Marinha de Israel nas instalações da empresa.

Os torpedos aumentarão o arsenal dos três submarinos israelenses mais antigos da classe Dolphin I, assim como os três novos submersíveis Dolphin II de nova geração, o último dos quais será entregue pela empresa alemã ThyssenKrupp em 2019.

A fonte descreveu o Kaved como uma arma de alta velocidade que pode atacar navios e submarinos, incluindo aqueles que se encontram nas profundezas de até "centenas de metros".

Ao contrário do modelo anterior, o novo torpedo tem um sistema de orientação por sonar digital que "permite atualizações no futuro sem alterar o hardware" e faz com que seja difícil superar esta arma por meio de manobras", disse a fonte.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas