Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Trump promete sugerir a Putin o fim da corrida armamentista entre EUA e Rússia

O presidente dos EUA, Donald Trump, sugeriu que ele poderia discutir maneiras de economizar "milhões de dólares" em armas quando encontrar o líder russo Vladimir Putin na Finlândia no próximo mês.


Sputnik

"Podemos até falar em economizar milhões de dólares em armas", disse Trump nesta sexta-feira, de acordo com a mídia local, ao estabelecer uma agenda potencial para as negociações de 16 de julho com o presidente russo.

Presidente russo, Vladimir Putin, e presidente norte-americano, Donald Trump, na cúpula da APEC no Vietnã
Donald Trump e Vladimir Putin © Sputnik / Mikhail Klimentyev

Trump acrescentou que os Estados Unidos estão construindo uma força "como ninguém jamais viu antes", mas ressaltou que o mundo precisava se desescalar e sugeriu que um relacionamento com a Rússia e a China seria uma "coisa boa".

Trump anunciou esta semana que ordenou ao Pentágono que criasse uma Força Espacial como o sexto ramo "separado, mas igual" dos militares dos EUA. Ele disse que a decisão abriu um novo capítulo na competição para explorar o espaço, com o objetivo de superar nações como a Rússia e a China.

Trump: Alemanha e França precisam gastar mais em defesa

Em outra frente, Trump reiterou que os aliados da OTAN precisam aumentar os gastos com defesa, antes da cúpula da aliança em Bruxelas no próximo mês.

"A Alemanha tem que gastar mais dinheiro, a Espanha, a França [também]. Não é justo o que eles fizeram com os Estados Unidos", afirmou, de acordo com a imprensa local.

Ele alegou que os Estados Unidos estavam pagando "muito mais desproporcionalmente a qualquer outra nação" na aliança, que estabelece uma meta de gastos de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) de um Estado membro.

Até agora, apenas cinco países cumpriram este requisito. Além dos Estados Unidos, o Reino Unido, a Grécia, a Polônia e a Estônia se conformaram e aumentaram os investimentos.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas