Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Ultrassecreto: projeto de novo submarino espião norte-americano aparece na mídia

O novo projeto do submarino norte-americano, que até agora não tinha sido divulgado na imprensa, revela a orientação do futuro desenvolvimento da Marinha dos EUA, escreve a revista Popular Mechanics.


Sputnik

Por sua vez, um artigo analítico da Covert Shores chama a atenção para as imagens do submarino.

Unbuilt US Navy Spy Submarine Concept - Covert Shores
Reprodução

A revista norte-americana observa que o submarino Sub 2000 representa uma "ruptura radical com os projetos anteriores de submarinos dos EUA", porque possui dois cascos, é compacto e tem um design "plano".

A publicação enfatiza que o Sub 2000 foi projetado como um submarino padrão, no entanto ele pode ser utilizado em missões de reconhecimento. Em particular, as configurações do navio permitem implantar dispositivos de recepção externos e interceptar transmissões magnéticas no fundo do mar perto da costa do adversário.

Além disso, o Sub 2000 recebeu alguns drones subaquáticos, o que sugere que está destinado a substituir o USS Parche, de segunda geração.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas