Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Unidades do Exército Brasileiro recebem Monóculos de Visão Noturna

No mês de junho, a Seção de Optrônica do Arsenal de Guerra do Rio (AGR) enviou ao Batalhão de Manutenção e Suprimento de Armamento (BMSA), 33 Monóculos de Visão Noturna modelo Loris, para serem distribuídos às diversas organizações militares operacionais do Exército Brasileiro.


Forças Terrestres

Rio de Janeiro (RJ) – O Monóculo de Visão Noturna Loris é um equipamento de origem belga que utiliza a tecnologia de amplificação da luz residual, praticamente imperceptível ao olho humano, possibilitando realizar operações em ambientes escuros. Eles são adquiridos por meio da Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) e entregues ao AGR pelo BMSA completamente desmontados, em um processo conhecido como Completely Knock-Down (CKD).


Coube à Seção de Optrônica do AGR a montagem e os testes do material, a fim de torná-los disponíveis para serem disponibilizados às organizações militares da Força Terrestre, aumentando significativamente a capacidade operativa da tropa. Tais equipamentos possibilitam desenvolver atividades peculiares em ambientes privados de iluminação adequada, tornando o uso desse equipamento um diferencial para o sucesso das missões.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Postar um comentário

Postagens mais visitadas